JUNTAS SOLDADAS DE AÇO HY 80 USADOS EM CASCOS DE SUBMARINOS

Authors

  • Mauro Carlos Lopes Souza
  • Thiago Augusto Ramon
  • Antônio Marinho Junior
  • Vladimir Ivanovitch Monine
  • Neyda de la Caridad Om Tapanes

DOI:

https://doi.org/10.56083/RCV3N3-061

Keywords:

Aço HY80, Tensões Residuais, Difração de Raios X, Aço de Alta Resistência

Abstract

Nesse trabalho, para o aço HY 80, de alta resistência, utilizado pela Marinha brasileira nos cascos de submarinos, foram feitas avaliações das propriedades mecânicas, caracterização microestrutural e avaliação das tensões residuais por difração de raios-X das juntas soldadas pelo processo de fusão com eletrodo revestido. Foram confeccionadas duas chapas de aço HY 80 com dimensões de 850 mm x 150 mm x 24 mm, as quais, antes da soldagem, foram pré-aquecidas. Os parâmetros de soldagem exigem um grande controle, pois, a energia envolvida no processo pode acarretar distorções e defeitos na junta soldada. Essas chapas passaram por um tratamento térmico de alívio de tensões a 600°C e revenido a 650°C. Na primeira etapa do estudo foi realizada a caracterização da solda através dos ensaios de tração, impacto Charpy, microdureza e microscopia ótica, e a posteriori, foi realizada a avaliação das tensões residuais. Essas contribuem significativamente para o processo de degradação por fadiga e corrosão sob tensão. Os resultados obtidos comprovaram que o aço HY80 está de acordo com os requisitos exigidos pelas normas militares internacionais como as MIL-S-16216K, MIL-STD 22D e MIL-STD-1621K SH, para confecção de estruturas que são submetidas as mais diversas solicitações de esforços mecânicos como, por exemplo os cascos de submarino e estruturas offshore.

References

AMERICAN SOCIETY FOR TESTING AN MATERIALS ASTM A370: Standard Test Method and Definitions for Mechanical Testing of Steel Products.

AMERICAN WELDING SOCIETY (AWS), Current Welding Processes. Editado por Arthur L. Phillips, EUA, 1968.

ASM Handbook Volume 6 "Welding, Brazing and Soldering", Chapter Energy Sources Used for Fusion Welding", 1993.

BLEICHER , L. SASAKI,J.M. Introdução à difração de Raios X em cristais. UFC, 2000.

CALLISTER J. R., W. D., “Materials Science and Engineering: An Introduction”, 5th ed. [S. I.]: John Willey & Sons, 2000. DOI: https://doi.org/10.1108/acmm.2000.12847aae.001

CENO / USP - Propriedades Mecânicas do aço HY80. Relatório Técnico no. 14 / 414 do Centro de Estruturas Navais e Oceânicas da Universidade de São Paulo (CENO/USP), 1996.

CULLITY, B. D., Elements of X-ray diffraction. 2°. ed. Reading: Addison-Wesley, 1978.

LINS, A. S., COSTA, H. R. M., SOUZA, L. F. G., JORGE, C. F. J., Propriedades Mecânicas e Microestruturais de Juntas Soldadas do Aço HY-80, pelo Processo de Eletrodo Revestido e GMAW, Soldagem & Inspeção, vol. 19, n. 3, p186-195, 2014. DOI: https://doi.org/10.1590/0104-9224/SI1903.02

KEEHAN, E.; KARLSSON, L.; ANDRÉN, H.-O; BHADESHIA, H.K.D.H; “Influence of carbon, manganese and nickel on microstructure and properties of strong steel weld metals. Part 3 – Increased strength resulting from carbon additions”; Science and Technology of Welding & Joining, vol. 11, nº 1, pp. 19-24, 2006. DOI: https://doi.org/10.1179/174329306X77858

KOHLOFER, W., PENNY, R. K., Hardness Testing as a Means for Creep Assessment - International Journal of Pressure Vessel and Piping, v. 66, p. 1-3, 1996. DOI: https://doi.org/10.1016/0308-0161(95)00107-7

KOPAVNICK, T. M., Comportamento Estrutural de Cascos Resistentes de Submarinos – Uma Análise de Fadiga. Dissertação de M.Sc., COPPE/UFRJ, Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 2006.

MARQUES, P. V., MODENESI, P. J., BRACARENSE, A. Q., Soldagem, Fundamentos e Tecnologia, 2a. Edição, Belo Horizonte, Editora UFMG, 366 p, 2007.

MILITARY MIL 10018-M1 / MIL-E-22200/10 - Electrodes, Welding, Mineral Covered, Iron-Powder, Low-Hydrogen Medium, High Tensile and Higher Strength Low Alloy Steels. Washington, USA, 1987.

MILITARY SPECIFICATION, MIL – S – 16216K - Steel Plate, Alloy,Structural, High Yield Strength (HY-80-HY-100). Washington, USA, 1987.

MILITARY STANDART, MIL – STD 22D - Welded Joint Design. Washington, USA, 1981

MILITARY STANDART, MIL-STD-1621K SH - Steel Plate, Structural High Yield Strength. Washington, USA, April, 1981.

MODENESI, P. J., Soldagem I – Descontinuidades e Inspeções em Juntas de Solda – Notas de Aula – Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) – Depto. Eng. Metalúrgica e de Materiais, 2001.

MONINE, V.I., Teodosio, J. R., Ivanov, S. A., New X-ray tensiometry methods. Advances in Experimental Mechanics, 1994.

RODRIGUES, C. R. e MACHADO, I. G.; “Influência do Níquel nas Propriedades Mecânicas do Metal de Solda”, XXVI CONSOLDA – Congresso Nacional de Soldagem, de 03 a 06 de Setembro de 2000, Curitiba, Paraná, 2000.

SILVA, C. G., SOUZA, L.F.G., e BOTT, I. S.; “Caracterização Microestrutural e Mecânica de Metal de Solda do Sistema Cr-Mo com diferentes Teores de Mn”, soldagem e Inspeção, Ano 8, N°3, Setembro de 2003, 2003.

SURIAN, E., RISSONE, M. R, DE VEDIA, L.; “Influence of Molybdenum on Ferritic High Strength SMAW All-Weld-Metal Properties”, Supplement to the Welding Journal, April 2005, p.53-62, 2005

TENG, Tso-Liang; CHANG, Peng-Hsiang; TSENG, Wen-Cheng. “Effect of welding sequence on residual stress”. In: Elsevier - International Journal of Computers and Structures 81, pp. 273-286, 2003. DOI: https://doi.org/10.1016/S0045-7949(02)00447-9

Published

2023-03-16

How to Cite

Souza, M. C. L., Ramon, T. A., Marinho Junior, A., Monine, V. I., & Tapanes, N. de la C. O. (2023). JUNTAS SOLDADAS DE AÇO HY 80 USADOS EM CASCOS DE SUBMARINOS. Revista Contemporânea, 3(3), 2297–2317. https://doi.org/10.56083/RCV3N3-061

Issue

Section

Articles