IMPACTO DO MICROSPORÍDIO EM PACIENTES COM HIV E AS INTERVENÇÕES DE ENFERMAGEM: REVISÃO INTEGRATIVA

Authors

  • Diego Ferreira da Silva
  • Juliana Braga Gomes
  • Raquel Braga Gomes
  • Margarete Gonçalves de Sousa

DOI:

https://doi.org/10.56083/RCV4N6-090

Keywords:

Microsporídia, HIV, AIDS, intervenções de enfermagem, microsporidiose, revisão sistemática

Abstract

Objetivo: Esta revisão sistemática visa elucidar o impacto da microsporidiose em pacientes HIV-positivos e identificar as intervenções de enfermagem que facilitam o manejo e melhoram os resultados dos pacientes.  Métodos: Foi realizada uma pesquisa abrangente da literatura usando as bases de dados Embase, CINAHL, PsycINFO, Medline e LILACS. Estudos focados na prevalência, manifestações clínicas e intervenções de enfermagem para microsporidiose entre pacientes com HIV foram incluídos. Análises quantitativas e qualitativas foram aplicadas para sintetizar os dados dos estudos selecionados.  Resultados: A microsporidiose se manifesta predominantemente como infecções gastrointestinais em pacientes HIV-positivos, mas pode afetar quase qualquer sistema orgânico, levando a condições como ceratite, miosite, colecistite, sinusite e encefalite. Intervenções de enfermagem focadas na promoção da saúde, medidas preventivas, comunicação empática, engajamento do paciente e cuidados de enfermagem sistemáticos são cruciais para o manejo dessa condição.  Conclusão: A microsporidiose continua a desafiar o cuidado com HIV, necessitando de estratégias abrangentes de enfermagem para gerenciar a infecção de forma eficaz e melhorar a qualidade de vida dos pacientes afetados. Apesar dos avanços no entendimento e manejo da microsporidiose, persistem lacunas significativas que demandam mais investigações. É fundamental que futuros estudos abordem novas estratégias de intervenção de enfermagem adaptáveis a diversos contextos clínicos, especialmente em regiões carentes. Pesquisas adicionais sobre a eficácia de tratamentos antiparasitários e sua interação com antirretrovirais são cruciais. Além disso, é necessário explorar o impacto psicossocial da microsporidiose nos pacientes com HIV para desenvolver cuidados mais integrados. Estudos longitudinais sobre a eficácia dessas intervenções no longo prazo são essenciais para avaliar e aprimorar as práticas de enfermagem existentes.

References

AL-BRHAMI, K. A. R.; ABDUL GHANI, R.; AL-QOBATI, S. A. Intestinal microsporidiosis among HIV/AIDS patients receiving antiretroviral therapy in Sana’a city, Yemen: first report on prevalence and predictors. BMC Infectious Diseases, v. 22, n. 1, p. 11, 4 dez. 2022. DOI: https://doi.org/10.1186/s12879-021-07009-3

ANASTASI, J. K.; SUN, V. Controlling Diarrhea in the HIV Patient. American Journal of Nursing, v. 96, n. 8, p. 35–41, ago. 1996. DOI: https://doi.org/10.1097/00000446-199608000-00029

DAVOUDI, M.; HEYDARI, A.; MANZARI, Z. S. Psychosocial Interventions by Nurses for Patients with HIV/ AIDS: A Systematic Review. Journal of Caring Sciences, v. 12, n. 2, p. 94–102, 26 abr. 2023. DOI: https://doi.org/10.34172/jcs.2023.30726

DESPORTES, I. et al. Occurrence of a New Microsporidan: Enterocytozoon bieneusi n. g., n. sp., in the Enterocytes of a Human Patient with AIDS1. The Journal of Protozoology, v. 32, n. 2, p. 250–254, 30 maio 1985. DOI: https://doi.org/10.1111/j.1550-7408.1985.tb03046.x

DIDIER, E. S.; WEISS, L. M. Microsporidiosis. Current Opinion in Infectious Diseases, v. 24, n. 5, p. 490–495, out. 2011a. DOI: https://doi.org/10.1097/QCO.0b013e32834aa152

ELFSTRAND. Management of chronic diarrhea in HIV-infected patients: current treatment options, challenges and future directions. HIV/AIDS - Research and Palliative Care, p. 219, nov. 2010. DOI: https://doi.org/10.2147/HIV.S13191

FAMILY HEALTH INTERNATIONAL. Nursing care of patients with HIV/AIDS: Participant’s guide. Arlington, VA: [s.n.]. v. ISBN: 1-933702-16-8

GALVÃO, M. T. G. et al. Qualidade de vida e adesão à medicação antirretroviral em pessoas com HIV. Acta Paulista de Enfermagem, v. 28, n. 1, p. 48–53, fev. 2015. DOI: https://doi.org/10.1590/1982-0194201500009

GVIMS/GGTES/ANVISA. Práticas de Segurança do Paciente em Serviços de Saúde: Prevenção de Lesão por Pressão. Brasília: [s.n.]. Disponível em: <https://www.gov.br/anvisa/pt-br/centraisdeconteudo/publicacoes/servicosdesaude/notas-tecnicas/notas-tecnicas-vigentes/nota-tecnica-gvims-ggtes-anvisa-no-05-2023-praticas-de-seguranca-do-paciente-em-servicos-de-saude-prevencao-de-lesao-por-pressao>. Acesso em: 31 maio. 2024.

HAN, B.; WEISS, L. M. Therapeutic targets for the treatment of microsporidiosis in humans. Expert Opinion on Therapeutic Targets, v. 22, n. 11, p. 903–915, 2 nov. 2018. DOI: https://doi.org/10.1080/14728222.2018.1538360

KOTLER, D.; ORENSTEIN, J. Clinical Syndromes Associated with Microsporidiosis. Advances in Parasitology, v. 40, p. 321–349, 1998. DOI: https://doi.org/10.1016/S0065-308X(08)60126-8

MACÊDO, S. M. DE; SENA, M. C. DOS S.; MIRANDA, K. C. L. Consulta de enfermagem ao paciente com HIV: perspectivas e desafios sob a ótica de enfermeiros. Revista Brasileira de Enfermagem, v. 66, n. 2, p. 196–201, abr. 2013. DOI: https://doi.org/10.1590/S0034-71672013000200007

MITTAG, B. F. et al. Cuidados com Lesão de Pele: Ações da Enfermagem. Estima, v. 15, n. 1, p. 19–25, mar. 2017. DOI: https://doi.org/10.5327/Z1806-3144201700010004

OUZZANI, M. et al. Rayyan—a web and mobile app for systematic reviews. Systematic Reviews, v. 5, n. 1, p. 210, 5 dez. 2016. DOI: https://doi.org/10.1186/s13643-016-0384-4

PAGE, M. J. et al. Updating guidance for reporting systematic reviews: development of the PRISMA 2020 statement. Journal of Clinical Epidemiology, v. 134, p. 103–112, jun. 2021b. DOI: https://doi.org/10.1016/j.jclinepi.2021.02.003

PRIMEIRA, M. R. et al. Qualidade de vida, adesão e indicadores clínicos em pessoas vivendo com HIV. Acta Paulista de Enfermagem, v. 33, 4 maio 2020. DOI: https://doi.org/10.37689/acta-ape/2020AO0141

REDDY, A. K. et al. PCR for the diagnosis and species identification of microsporidia in patients with keratitis. Clinical Microbiology and Infection, v. 17, n. 3, p. 476–478, mar. 2011. DOI: https://doi.org/10.1111/j.1469-0691.2010.03152.x

WANG, J. et al. Development of a TaqMan-based real-time PCR assay for the specific detection of porcine circovirus 3. Journal of Virological Methods, v. 248, p. 177–180, out. 2017. DOI: https://doi.org/10.1016/j.jviromet.2017.07.007

WANG, Z.-D. et al. Prevalence of Cryptosporidium, microsporidia and Isospora infection in HIV-infected people: a global systematic review and meta-analysis. Parasites & Vectors, v. 11, n. 1, p. 28, 9 dez. 2018. DOI: https://doi.org/10.1186/s13071-017-2558-x

WHITTEMORE, R.; KNAFL, K. The integrative review: updated methodology. Journal of Advanced Nursing, v. 52, n. 5, p. 546–553, 2 dez. 2005. DOI: https://doi.org/10.1111/j.1365-2648.2005.03621.x

Published

2024-06-10

How to Cite

Silva, D. F. da, Gomes, J. B., Gomes, R. B., & Sousa, M. G. de. (2024). IMPACTO DO MICROSPORÍDIO EM PACIENTES COM HIV E AS INTERVENÇÕES DE ENFERMAGEM: REVISÃO INTEGRATIVA. Revista Contemporânea, 4(6), e4682. https://doi.org/10.56083/RCV4N6-090

Issue

Section

Articles