RADIOABLAÇÃO DE NÓDULOS TIREOIDIANOS: REVISÃO NARRATIVA DE LITERATURA

Authors

  • Adalberto Correia Lima Neto
  • Suyane Leal Lima Porto
  • Daniel Leal Lima

DOI:

https://doi.org/10.56083/RCV4N6-059

Keywords:

radiofrequência, ablação da tireoide, nódulos da tireoide, tireoide

Abstract

Introdução: Os nódulos tireoidianos representam uma patologia bastante comum. Os nódulos podem ser detectados por meio da palpação cervical e têm prevalência de até 5% nas mulheres e 1% nos homens. Como seu manejo na prática clínica ainda representa um desafio para a comunidade médica, o estudo possui como objetivo geral realizar revisão bibliográfica da técnica de radioablação de nódulos tireoidianos. Métodos: Trata-se de uma revisão narrativa de literatura, em que os dados e as informações apresentadas são oriundos de pesquisa das bases informacionais do PubMed, Biblioteca Virtual em Saúde (BVS) e Google Acadêmico em que foram utilizadas as seguintes palavras chaves: “radiofrequência”, "ablação da tireoide" e “nódulos da tireoide” e “tireoide”, combinados pelos operadores booleanos AND e OR. Como critérios de inclusão, foram estabelecidos os seguintes pontos: artigos com texto completo, em qualquer linguagem, no período de tempo entre 2015 a 2024, e que contemplem o tema abordado nesta revisão literária. Por conseguinte, foram excluídos todos os artigos com ano de publicação anterior aos anos supracitados, com textos incompletos e que tangenciam a temática proposta para a pesquisa. Referencial Teórico: A RFA é indicada para tratar nódulos benignos da tireóide que podem causar sintomas, como dor, disfagia, desconforto, abaulamento do pescoço, tosse e sensação de pressão no pescoço. A ablação dos nódulos tireoidianos por radiofrequência é uma nova modalidade de tratamento, um procedimento minimamente invasivo, que possibilita reduzir o tamanho e o volume do nódulo em 80%, de forma a preservar a função da glândula, como a produção dos hormônios da tireóide, a triiodotironina e a tiroxina. A ablação por radiofrequência começa pela camada mais profunda, em direção a superficial, de modo que, observou-se uma redução de 80% do volume do nódulo, após 6 meses de tratamento. Paralelo a isso, a redução do volume dos nódulos, ajudou não somente na estética, mas também nos sintomas locais, como disfagia, desconforto cervical, melhorando assim, a qualidade de vida dos pacientes. A radiofrequência mostrou-se bastante benéfica em relação a diminuição do tamanho do nódulo da tireoide benignos, mantendo a função tireoidiana, já a tireoidectomia, também é eficaz, porém o paciente necessitará usar medicamentos para repor os hormônios que não serão mais sintetizados. Conclusão: Portanto, a ablação por radiofrequência possui suas indicações quando se tratam de nódulos tireoidianos benignos. Pode reduzir volumes, aliviar sintomas de compressão e resolver problemas cosméticos, contudo, tal patologia pode apresentar recidiva após o RFA. Em contrapartida, a tireoidectomia está mais relacionada com nódulos de médio e grande volume.

References

BERNARDI, S. et al. Radiofrequency ablation for benign thyroid nodules. Journal of Endocrinological Investigation, 2016, 39(9), 1003–1013. Disponível em: 08 de maio de 2024. DOI: https://doi.org/10.1007/s40618-016-0469-x

BISCEGLIA, A. et al. Predictor Analysis in Radiofrequency Ablation of Benign Thyroid Nodules: A Single Center Experience. Front Endocrinol (Lausanne). 2021 May 17;12:638880. Disponível em:https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/34079521/. Acesso em: 10 de maio de 2024. DOI: https://doi.org/10.3389/fendo.2021.638880

FORNEIRO, M. et al. Abordagem do nódulo tireoide. Medicina, Ciência e Arte, v.1, n.1,p. 92-101. 2022. Disponível em:https://www.medicinacienciaearte.com.br/revista/article/download/12/10. Acesso em: 03 de maio de 2024. DOI: https://doi.org/10.21680/2446-7286.2024v10n1ID34541

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2017.

JEGERLEHNER, S. et al. Sobrediagnóstico e sobretratamento do câncer de tireoide: um estudo de tendência temporal de base populacional. PLoS UM. 2017; 12 (6):e0179387. doi: 10.1371/journal.pone.0179387. Disponível em:https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/28614405/. Acesso em: 10 de maio de 2024.

JUNIOR, A. R. et al. Percutaneous laser ablation of benign thyroid nodules: a one year follow-up study. Einstein (São Paulo) [Internet]. 2018;16(4):eAO4279. Disponível em: https://doi.org/10.31744/einstein_journal/2018AO4279. Acesso em: 03 de maio de 2024. DOI: https://doi.org/10.31744/einstein_journal/2018AO4279

KIM, J. H. et al. Guideline Committee for the Korean Society of Thyroid Radiology (KSThR) and Korean Society of Radiology. 2017 Thyroid Radiofrequency Ablation Guideline: Korean Society of Thyroid Radiology. Korean J Radiol. 2018 Jul-Aug;19(4):632-655. Disponível em: 07 de maio de 2024. DOI: https://doi.org/10.3348/kjr.2018.19.4.632

LIN, Y. et al. Significance of radiofrequency ablation in large solid benign thyroid nodules. Front Endocrinol (Lausanne). 2022 Oct 17;13:902484. doi: 10.3389/fendo.2022.902484. PMID: 36325454; PMCID: PMC9618621. Disponível em:https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC9618621/. Acesso em: 10 de maio de 2024.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Fundamentos de metodologia científica. 8. ed. São Paulo: Atlas, 2017.

MATHONNET, M. et al. Qual é o percurso de tratamento dos pacientes submetidos a cirurgia da tiróide em França e as suas potenciais armadilhas? Uma coorte nacional. BMJ aberto. 2017; 7 (4):e013589. doi: 10.1136/bmjopen-2016-013589. Disponível em:https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/28389487/. Acesso em: 10 de maio de 2024.

MOTAGHED, Z. et al. Effect of ultrasound parameters of benign thyroid nodules on radiofrequency ablation efficacy. BMC Med Imaging. 2023 Jun 19;23(1):85. Disponível em:https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/37337132/. Acesso em: 10 de maio de 2024. DOI: https://doi.org/10.1186/s12880-023-01044-z

NAVIN, P. J. et al. Radiofrequency Ablation of Benign and Malignant Thyroid Nodules. Radiographics. 2022 Oct;42(6):1812-1828. Disponível em:https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/36190855/. Acesso em: 05 de maio de 2024. DOI: https://doi.org/10.1148/rg.220021

ORLOFF, L. A. et al. Radiofrequency ablation and related ultrasound-guided ablation technologies for treatment of benign and malignant thyroid disease: An international multidisciplinary consensus statement of the American Head and Neck Society Endocrine Surgery Section with the Asia Pacific Society of Thyroid Surgery, Associazione Medici Endocrinologi, British Association of Endocrine and Thyroid Surgeons, European Thyroid Association, Italian Society of Endocrine Surgery Units, Korean Society of Thyroid Radiology, Latin American Thyroid Society, and Thyroid Nodules Therapies Association. Head Neck. 2022 Mar;44(3):633-660.Disponível em: 05 de maio de 2024. DOI: https://doi.org/10.1002/hed.26960

OSPINA, N. S. et al. Prognóstico de pacientes com nódulos benignos da tireoide: um estudo de base populacional. Endócrino. 2016; 54 (1):148–155. doi: 10.1007/s12020-016-0967-9. Disponível em:https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/27142412/. Acesso em: 10 de maio de 2024.

PARK, H. S. et al. Thyroid Radiofrequency Ablation: Updates on Innovative Devices and Techniques. Korean J Radiol. 2017 Jul-Aug;18(4):615-623. Disponível em:https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC5447637/. Acesso em: 07 de maio de 2024. DOI: https://doi.org/10.3348/kjr.2017.18.4.615

PULCINO, T. N. et al. O complexo clínico oriundo dos distúrbios da tireoide: uma abordagem geral. Revista Científica Multidisciplinar O Saber. Ano IV, v.1, ed. 1, jan./ jul. 2024. Disponível em:https://submissoesrevistacientificaosaber.com/index.php/rcmos/article/view/437/434. Acesso em: 09 de maio de 2024. DOI: https://doi.org/10.51473/rcmos.v1i1.2024.437

SCHALCH, M. S. et al. Radiofrequency ablation of thyroid nodules: prospective cost-effectiveness analysis in comparison to conventional thyroidectomy. Arch Endocrinol Metab. 2021 Nov 24;65(6):752-757. Disponível em:https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC10065391/. Acesso em: 03 de maio de 2024.

SEVERINO, A. J. Metodologia do Trabalho Científico. 24. ed. São Paulo: Cortez. 2016.

VALCAVI, R.; TSAMATROPOULOS, P. Health-related quality of life after percutaneous radiofrequency ablation of cold, solid, benign thyroid nodules: a 2-Year follow-up study in 40 patients. Endocr Pract, 2015, 21:887–896. Disponível em: 09 de maio de 2024. DOI: https://doi.org/10.4158/EP15676.OR

YAN, L. et al. Efficacy and safety of radiofrequency ablation for benign thyroid nodules in patients with previous thyroid lobectomy. BMC Med Imaging. 2021 Mar 11;21(1):47. Disponível em:https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC7948381/. Acesso em: 10 de maio de 2024. DOI: https://doi.org/10.1186/s12880-021-00577-5

Published

2024-06-10

How to Cite

Lima Neto, A. C., Porto, S. L. L., & Lima, D. L. (2024). RADIOABLAÇÃO DE NÓDULOS TIREOIDIANOS: REVISÃO NARRATIVA DE LITERATURA. Revista Contemporânea, 4(6), e4653 . https://doi.org/10.56083/RCV4N6-059

Issue

Section

Articles