MEDIASTINITE NO PÓS-OPERATÓRIO DE CIRURGIA CARDÍACA: UMA REVISÃO INTEGRATIVA

Authors

  • Carolina Casé Cardoso Matias Fontes
  • Daniela Serra de Almeida
  • Annanda Carolina de Araujo Martins Pavão
  • Narjara Barros Amancio Mesquita
  • Antônio Samuel Melo Pinheiro
  • Rosiane de Sousa Santos
  • Hyandra Gomes de Almeida Sousa
  • Maria Juliana dos Santos Cortez
  • Jessielly Taís Ferreira Guimarães
  • Nicolle Resende de Araújo França Pinto
  • Felipe Santana e Silva

DOI:

https://doi.org/10.56083/RCV4N6-004

Keywords:

mediastinite, cirurgia cardíaca, infecção

Abstract

Introdução: A Infecção do Sítio Cirúrgico (ISC) é compreendida como uma das principais complicações relacionadas ao âmbito assistencialista de saúde no Brasil, ocupando o 3º, lugar no ranking das infecções no setor da saúde. Objetivo: Identificar na literatura nacional e internacional as principais causas e complicações da Mediastinite no Pós-operatório de cirurgia cardíaca. Método: Foi realizada uma revisão integrativa da literatura, utilizando descritores: mediastinite; Cirurgia Cardíaca; Infecção. Resultados: Dos dez artigos analisados, cerca de 50% afirmam que mediastinite no pós-operatória em cirurgia cardíaca é uma complicação grave que demanda atenção e estudo detalhado. Os resultados de diferentes pesquisas destacam a complexidade dessa condição e os diversos fatores de risco envolvidos. Os outros estudos abordaram diferentes aspectos do diagnóstico e tratamento da mediastinite pós-cirurgia cardíaca, destacando a gravidade da infecção e os desafios no manejo clínico. Por exemplo, a aplicabilidade do MagedanzSCORE mostrou-se eficaz na previsão do risco de mediastinite após cirurgia de revascularização do miocárdio. Conclusão: A mediastinite pós-operatória em cirurgia cardíaca representa um desafio significativo devido à sua gravidade e complexidade. Os estudos revisados forneceram insights valiosos sobre os fatores de risco envolvidos, como idade, comorbidades e tipos específicos de cirurgia cardíaca, destacando a importância da saúde geral do paciente na predisposição a essa complicação. Assim, torna-se crucial reconhecer a necessidade de uma abordagem multidisciplinar e personalizada no cuidado de pacientes com mediastinite pós-cirurgia cardíaca. Além disso, é fundamental continuar investindo em pesquisa para entender melhor os mecanismos subjacentes, otimizar as estratégias de tratamento e reduzir o impacto negativo dessa complicação na recuperação dos pacientes.

References

BUGRA, A.K. et al. Mediastinite após cirurgia cardíaca: fatores de risco e nossos resultados de fechamento assistido a vácuo. Kardiochir Torakochirurgia, v.8, n. 4, p. 195-202, 2021.

CHAZAL, T. et al. Mediastinite após aspiração transbrônquica com agulha guiada por ultrassom endobrônquico. Rev Mal Respir, v. 35, n. 7, p. 745-748, 2018.

CRUZ, D.F.; SOUSA, E.R.F.; ALMEIDA, C.E. Fatores de riscos para mediastinite no pós-operatório de cirurgia cardíaca. R. pesq. cuid. fundam. v. 12, n. slp, p. 971-976, 2020.

CRUZ, D.F.C.; SOUSA, E,R,F.; ALMEIDA, C.E. Fatores de risco para mediastinite no pós-operatório de cirurgia cardíaca. R. Pesq, Cuid, Fundam, v. 12, n. slp, p. 971-976, 2020.

FIGUEROLA-TEJERINA, A. et al. Vigilância Epidemiológica da Infecção do Sítio Cirúrgico e seus Fatores de risco em cirurgia cardíaca: um estudo de corte prospectivo. Rev Esp Cardiol, v. 69, n. 9, p. 842-848, 2016.

FRANTZ, CV.; et al. Curativos indicados no tratamento de mediastinite após cirurgia cardíaca: revisão integrativa. Texto Contexto Enferm, v. 28, n. slp, p. 1-16, 2019.

GOH, S.S.C. Post-sternotomy mediastinitis in the modern era. J Card Surg, v. 32, n. 9, p. 556-66, 2017. DOI: https://doi.org/10.1111/jocs.13189

KANASIRO, O.S.; TURRINI, R.N.; POVEDA, V.B. Perfil Clínico-Cirúrgico de paciente com Mediastinite Pós-Cirurgia cardíaca: estudo transversal retrospectivo. REV. SOBECC, v. 24, n. 3 139-145, 2019. DOI: https://doi.org/10.5327/Z1414-4425201900030005

KAPPUS, S.; ORINTHIA, R. Mediastinite. NCBI Bookshelf. v. slp, n. espp. 1-7, 2021. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK559266/ Acesso em: 10 de Abril de 2024.

MENDES, K.D.S; SILVEIRA, R.C.C.P.; GALVÃO, C.M. Uso de gerenciador de referências bibliográficas na seleção dos estudos primários em revisão integrativa. Texto & Contexto Enfermagem, v. 28, n. 7, p.1-13, 2019.

OLIVEIRA, F.S. et al. Preditores de Risco de Mediastinite após Cirurgia de Revascularização do Miocárdio: Aplicabilidade de Score em 1.322. Casos. Arq Bras Cardiol, v. 109, n. 3, p. 207-212, 2017.

PINTO, D.C. et al. Fatores Associados à Mediastinite Pós-Esternotomia. Caso-Controle. Int J Cardiovasc Sci, v. 31, n. 2, p. 163-172, 2018.

PINTO, L.D.C.; et al. Análise dos aspectos clínicos e epidemiológicos de pacientes com mediastinite. Revista Baiana de Saúde Pública, v. 40, n. 4, p. 1014-1028, 2016. DOI: https://doi.org/10.22278/2318-2660.2016.v40.n4.a2320

SILVA, A.C.L.; et al. Mediastinite pós operatória em cirurgia cardíaca. Brazilian Journal of Health Review, v. 4, n. 6, p. 24148-24157, 2021. DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv4n6-043

WANG Z, FENG, C. WANG X. Terapias de feridas com pressão negativa para pacientes com mediastinite: uma meta-análise. Int Wound J, v. 17, n. slp, p. 2019–2025, 2020.

Published

2024-06-04

How to Cite

Fontes, C. C. C. M., Almeida, D. S. de, Pavão, A. C. de A. M., Mesquita, N. B. A., Pinheiro, A. S. M., Santos, R. de S., Sousa, H. G. de A., Cortez, M. J. dos S., Guimarães, J. T. F., Pinto, N. R. de A. F., & Silva, F. S. e. (2024). MEDIASTINITE NO PÓS-OPERATÓRIO DE CIRURGIA CARDÍACA: UMA REVISÃO INTEGRATIVA. Revista Contemporânea, 4(6), e4575. https://doi.org/10.56083/RCV4N6-004

Issue

Section

Articles