AFETIVIDADE NO CONTEXTO EDUCATIVO VIA TÉCNICA DIGITAL STORYTELLING

Authors

  • Josias Ricardo Hack

DOI:

https://doi.org/10.56083/RCV4N6-005

Keywords:

Digital Storytelling, audiovisual educativo, afetividade, contexto educativo

Abstract

O texto aborda a afetividade que a técnica Digital Storytelling pode possibilitar no contexto educativo, bem como destaca reflexões e sugestões sobre o planejamento e produção de materiais didáticos audiovisuais. A metodologia do artigo se fundamenta na pesquisa bibliográfica, pautando-se no trabalho de seleção, leitura e fichamento de aportes teóricos que tratam sobre o uso de audiovisuais no processo de ensino e aprendizagem. Os campos de ancoragem teórica são principalmente, mas não exclusivamente, a Comunicação e a Educação. Nos resultados e discussões encontram-se as reflexões originadas da investigação bibliográfica, sob a seguinte divisão: 1) caracterização do Digital Storytelling, na qual apresenta-se a origem da técnica; 2) Digital Storytelling como ferramenta de envolvimento afetivo no contexto educativo, em que se destacam os aspectos da técnica que podem contribuir na criação de comunidades de aprendizagem; 3) roteirização e produção de Digital Storytelling, na qual difundem-se informações que podem ser úteis aos interessados em experimentar a técnica em ambientes escolares. Por fim, nas conclusões destacam-se a qualidade e eficácia que um produto audiovisual educativo pode encontrar na criatividade e diversidade possíveis ao se ir para além dos modelos e padrões usuais.

References

BAGGETT, P. Structurally equivalent stories in movie and text and the effect of the medium on recall. Journal of Verbal Learning and Verbal Behavior, 18, 1979, pp.333–356. DOI: https://doi.org/10.1016/S0022-5371(79)90191-9

BARRETT, H. Researching and evaluating DS as a deep learning tool. In Crawford, C. et al. (Eds.). Proceedings of Society for Information Technology and Teacher Education International. Chesapeake, VA: AACE, 2006, pp. 647–654.

CLARK, J. M.; PAIVIO, A. Dual coding theory and education. Educational Psychology Review, 3, 1991, pp.149–210. DOI: https://doi.org/10.1007/BF01320076

COMPARATO, D. Da criação ao roteiro. São Paulo: Rocco, 1999.

FRAZEL, M. DS: guide for educators. Washington, DC: ISTE, 2010.

HACK, J. R.; MIRANDA, L. V. T. de; BARBOSA, M. L. R. DS como técnica de fomento à presença social mediada na EAD: relato de intervenção didática. Contribuciones a las Ciencias Sociales, 17(2), 2024, e5448. DOI: https://doi.org/10.55905/revconv.17n.2-361

HACK, J. R. Gestalt-terapia e produção de audiovisuais. Revista IGT na Rede. Rio de Janeiro. v. 17, n. 33, 2020, p.226–245.

HACK, J.; RAMOS, F.; SANTOS, A.; MOREIRA, L. Objetos de aprendizagem de suporte a DS em contexto de formação empresarial. In: MOREIRA, J. António; MONTEIRO, Angélica (orgs). Ensinar e aprender online com tecnologias digitais. Porto: Editora Porto, 2012, p. 99-120.

HACK, J. R. Tecnologias na Educação. Florianópolis: EdUFSC, 2017.

HEYWARD, P. Emotional Engagement Through Drama: Strategies to Assist Learning through Role-Play. International Journal of Teaching and Learning in Higher Education. 22 (2), 2010, pp.197-203.

JONASSEN, D. H., HERNANDEZ-SERRANO, J. Case-based reasoning and instructional design using stories to support problem solving. Educational Technology Research and Development, 50(2), 2002, pp.65–77. DOI: https://doi.org/10.1007/BF02504994

KOEHLER, M. J.; YADAV, A.; PHILLIPS, M. M.; CAVAZOS-KOTTKE, S. C. What is video good for? Examining how media and story genre interact. Journal of Educational Multimedia and Hypermedia, 14(3), 2005, pp.249–272.

MEADOWS, D. DS: Research-based practice in new media. Visual Communication, 2(2), 2003, pp.189–193. DOI: https://doi.org/10.1177/1470357203002002004

PAIVIO, A. Mental representations: A dual coding approach. New York: Oxford University Press, 1990. DOI: https://doi.org/10.1093/acprof:oso/9780195066661.001.0001

VYGOTSKY, L. S. Pensamento e linguagem. São Paulo: Martins Fontes, 1993.

VYGOTSKY, L. S. et al. Linguagem, desenvolvimento e aprendizagem. São Paulo: Ícone, 1998.

ZHANG, D.; ZHOU, L.; BRIGGS, R.; NUNAMAKER, J. Instructional video in e-learning: assessing the impact of interactive video on learning effectiveness. Information & Management, 43, 2006, pp.15–27. DOI: https://doi.org/10.1016/j.im.2005.01.004

Published

2024-06-04

How to Cite

Hack, J. R. (2024). AFETIVIDADE NO CONTEXTO EDUCATIVO VIA TÉCNICA DIGITAL STORYTELLING. Revista Contemporânea, 4(6), e4265 . https://doi.org/10.56083/RCV4N6-005

Issue

Section

Articles