CUIDADOS PALIATIVOS EM IDOSOS ONCOLÓGICOS E O PAPEL DA ENFERMAGEM

Authors

  • Patricia Faria
  • Aline Pereira Gomes
  • Angelica Rocha de Macedo
  • Beatriz Zanardi Francisca
  • Cinthia dos Santos Ferraresi
  • Fernanda Cristina do Santos Oliveira
  • Jacson Guimarães Gonzaga

DOI:

https://doi.org/10.56083/RCV4N5-046

Keywords:

cuidados paliativos, idoso, câncer, enfermagem

Abstract

A análise das evidências científicas disponíveis na literatura sobre cuidados paliativos em pacientes idosos oncológicos e o papel da enfermagem nesse contexto é muito significativo. Essa investigação procura esclarecer o entendimento melhor de como a enfermagem pode ajudar no processo digno de morte  desse coletivo próprio. Foi utilizado a metodologia de revisão de literatura qualitativa, com a busca realizada na Biblioteca virtual em Saúde em março de 2024, usando os termos os padronizados "cuidados paliativos", "idoso", "câncer" e "enfermagem", seu resultado permitiu a evolução de três áreas de interesse da enfermagem como a educação em enfermagem, assistência/cuidado em enfermagem e falta de diretrizes ou orientações nesta área específica. Os resultados mostraram brechas na literatura sobre o papel da enfermagem nesse contexto e indicam necessidade de investimento na educação, além de assistência e seguimento de diretrizes próprias. Essa pesquisa colabora consideravelmente para o conhecimento da importância do papel da enfermagem para oferecer melhores condições de cuidados paliativos para esse coletivo.

References

AGAR, M. et al. Perfil longitudinal de sintomas de pacientes em cuidados paliativos que recebem um programa de fim de vida liderado por enfermeiras (PEACH) para apoiar a preferência de morrer em casa. BMJ Open, v. 1, pág. e058448, 2 de janeiro de 2024. Disponível em:. Acesso em: 27 abr. 2024.

AHLSTRÖM, G. et al. Semelhanças e diferenças entre a China e a Suécia em relação às principais características dos cuidados paliativos para pessoas com 60 anos ou mais: uma revisão sistemática do escopo. BMC Palliative Care, v. 21, n. 1, pág. 35, 14 de março de 2022.Disponível:<https://doi.org/10.1186/s12904-022-00906-7>. Acesso em: 27 abr. 2024.

ALECRIM, T. D. P.; MIRANDA, J. A. M.; RIBEIRO, B. M. S. S. Percepção do paciente oncológico em cuidados paliativos sobre a família e a equipe de enfermagem. CuidArte, Enferm, 2020. Disponível em:<https://www.webfipa.net/facfipa/ner/sumarios/cuidarte/2020v2/p.206-212.pdf>. Acesso em: 27 abr. 2024.

BÖKBERG, C.; BEHM, L.; AHLSTRÖM, G. Qualidade de vida de idosos em lares de idosos após a implementação de uma intervenção de cuidados paliativos baseada no conhecimento. Revista Internacional de Enfermagem do Idoso, v. 14, n. 4, pág. e12258, dezembro de 2019. Disponível em:. Acesso em: 27 abr. 2024.

CENTURION, C. M.; FARIAS, Ca. L. A. Cuidados paliativos: comfort food e humanização. [s. l.]: Editora Saraiva, 2021. E-book. ISBN 9786553560659.

CEZAR, VS et al. Educação continuada em cuidados paliativos: uma proposta de pesquisa-ação. Revista de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online, v. 2, pág. 324, 21 de janeiro de 2019. Disponível em:<http://dx.doi.org/10.9789/2175-5361.2019.v11i2.324-332>. Acesso em: 27 abr. 2024. DOI: https://doi.org/10.9789/2175-5361.2019.v11i2.324-332

COUTO, D. S.; RODRIGUES, K. S. L. F. Desafios da assistência de enfermagem em cuidados paliativos: revisão integrativa. Enfermagem em Foco, v. 5, 23 de março de 2021. Disponível em:<https://doi.org/10.21675/2357-707X.2020.v11.n5.3370>. Acesso em: 27 abr. 2024.

FUSCULIM, A. R. B. et al. Diretivas antecipadas de vontade: amparo bioético às questões éticas em saúde. Revista Bioética, v. 3, pág. 589–597, setembro de 2022. Disponível em:<https://doi.org/10.1590/1983-80422022303552pt>. Acesso em: 27 abr. 2024. DOI: https://doi.org/10.1590/1983-80422022303552en

GOLMOHAMMADI, M. et al. Fatores relacionados ao cumprimento de diretivas antecipadas entre pacientes oncológicos: uma revisão sistemática. BMC Palliative Care, v. 23, n. 1, pág. 3, 3 de janeiro de 2024. Disponível em:<https://doi.org/10.1186/s12904-023-01327-w>. Acesso em: 27 abr. 2024.

HAMMER, K. et al. Esperança retratada em desenhos de pacientes recém-diagnosticados com câncer avançado. Revista de Enfermagem Clínica, v. 32, n. 7–8, pág. 1262–1275, abril de 2023. Disponível em:< https://doi.org/10.1111/jocn.16274>. Acesso em: 27 abr. 2024.

IYER, AS et al. Projeto EPIC (cuidados paliativos precoces na DPOC): Uma avaliação formativa e sumativa da intervenção de telessaúde EPIC. Journal of Pain and Symptom Management, v. 4, pág. 335-347.e3, abril de 2023. Disponível em:<https://doi.org/10.1016/j.jpainsymman.2022.11.024>. Acesso em: 27 abr. 2024.

MENDONÇA, Karine R. Princípios dos cuidados paliativos. Grupo A, 2018. E-book. ISBN 9788595027558.

MINOSSO, J.; MARTINS, M.; OLIVEIRA, M. Cuidados paliativos na formação inicial em enfermagem: Um estudo de métodos mistos. Revista de Enfermagem Referência, v. VI Série, n. Nº 1 , 16 de março de 2022. Disponívelem:<https://doi.org/10.12707/RV21060>. Acesso em: 27 abr. 2024. DOI: https://doi.org/10.12707/RV21060

SAMPAIO, S. M.; SANTANA, T. C.; G; ANGELIM, E. G. F. O papel do enfermeiro nos cuidados paliativos: uma revisão integrativa. Revista de Ensino, Ciência e Inovação em Saúde, v. 3, pág. 32–40, 28 de dezembro de 2022. Disponível em:<https://doi.org/10.51909/recis.v3i3.221>. Acesso em: 27 abr. 2024. DOI: https://doi.org/10.51909/recis.v3i3.221

RODRÍGUEZ-PRAT, A. et al. Controle em pacientes com câncer avançado: um estudo fenomenológico interpretativo. BMC Palliative Care, v. 21, n. 1, pág. 97, 1º de junho de 2022. Disponível em:<https://doi.org/10.1186/s12904-022-00984-7>. Acesso em: 27 abr. 2024.

VAN DUSSELDORP, L. et al. O que o profissional de enfermagem significa para você? Estudo qualitativo orientado ao paciente em cuidados oncológicos/paliativos. Revista de Enfermagem Clínica, v. 28, n. 3–4, pág. 589–602, fevereiro de 2019.

Disponível em:<https://doi.org/10.1111/jocn.14653>. Acesso em: 27 abr. 2024.

WALSHE, C. et al. “Graças a Deus você está aqui”. Explorando o impacto sobre os pacientes, cuidadores familiares e funcionários de serviços especializados aprimorados de cuidados paliativos de 7 dias: um estudo de métodos mistos. Medicina Paliativa, v. 37, n. 10, pág. 1484–1497, dezembro de 2023. Disponível em:<https://doi.org/10.1177/02692163231201486>. Acesso em: 27 abr. 2024.

WRIGHT, D. K. et al. “somos enfermeiras oncológicas”: percepções sobre a prestação de cuidados paliativos em um hospital comunitário. Jornal de hospice e enfermagem paliativa: JHPN: o jornal oficial da Hospice and Palliative Nurses Association, v. 2, pág. 82–89, 1º de abril de 2023. Disponível em:<https://doi.org/10.1097/NJH.0000000000000928>. Acesso em: 27 abr. 2024.

World Health Organization (WHO). Palliative care [Internet]. 2020. Disponível em: <https://www.who.int/news-room/fact-sheets/detail/palliative-care>. Acesso em: 27 abr. 2024.

ZHAO, J. et al. Comportamentos e fatores de influência de enfermeiros oncológicos chineses em relação aos cuidados paliativos: um estudo transversal baseado na teoria social cognitiva em 2022. BMC Palliative Care, v. 1, pág. 53, 23 de fevereiro de 2024. Disponível em:. Acesso em: 27 abr. 2024.

Published

2024-05-13

How to Cite

Faria, P., Gomes, A. P., Macedo, A. R. de, Francisca, B. Z., Ferraresi, C. dos S., Oliveira, F. C. do S., & Gonzaga, J. G. (2024). CUIDADOS PALIATIVOS EM IDOSOS ONCOLÓGICOS E O PAPEL DA ENFERMAGEM. Revista Contemporânea, 4(5), e4244. https://doi.org/10.56083/RCV4N5-046

Issue

Section

Articles