REABILITAÇÃO PROTÉTICA EM PACIENTE COM COLAPSO OCLUSAL POSTERIOR: ABORDAGEM MULTIDISCIPLINAR E ESTUDO DE CASO COM PRÓTESE PARCIAL REMOVÍVEL

Authors

  • Lisandro Gonçalves
  • Diego Silva
  • Idevan Faccin de Almeida
  • Ricardo Jansen Oliveira da Silva

DOI:

https://doi.org/10.56083/RCV4N6-047

Keywords:

colapso oclusal posterior, dimensão vertical, ajuste oclusal, dentadura parcial provisória, prótese parcial removível

Abstract

Introdução: A restauração da dimensão vertical de oclusão é um desafio comum na prática odontológica, especialmente em pacientes com perda parcial ou total de dentes posteriores. A diminuição dessa dimensão pode resultar em uma série de complicações funcionais e estéticas, impactando significativamente na qualidade de vida do paciente. Nesse contexto, a confecção de próteses parciais removíveis provisórias tem sido uma abordagem eficaz para restabelecer a função mastigatória e a estética facial comprometidas. Objetivo: Relatar um caso clínico de sucesso na restauração da dimensão vertical de oclusão por meio da confecção de prótese parcial removível provisória, abordando os desafios e os resultados alcançados. Metodologia: Foi realizado um trabalho de revisão de literatura, com busca em bases de dados (inter)nacionais, para embasar o tratamento de um paciente que apresentava queixas relacionadas à estética facial, desgaste dentário e dificuldades na alimentação. Por meio de exames detalhados, incluindo avaliação extraoral e intraoral, diagnosticou-se a reabsorção óssea, a ausência de dentes posteriores, desgastes e fraturas dentárias, além de desarmonia oclusal e diminuição da dimensão vertical de oclusão. Com base nesse diagnóstico, foi elaborado um planejamento personalizado visando restaurar a função mastigatória e a estética facial comprometidas. Resultados: O tratamento realizado demonstrou sucesso na restauração das funções mastigatórias e na melhora significativa da estética facial. A prótese parcial removível provisória, especialmente adaptada à estrutura dentária remanescente, desempenhou um papel importante na preparação do paciente e do sistema estomatognático para a próxima fase do tratamento reabilitador. Conclusão: Este caso exemplifica a eficácia da prótese parcial removível provisória na restauração da dimensão vertical de oclusão, destacando sua importância na reabilitação oral de pacientes com perda dessa dimensão. Além disso, ressalta a necessidade de abordagens integradas e personalizadas para obter resultados satisfatórios em casos complexos de odontologia restauradora.

References

ALVES, M. R. et al. Recuperação da dimensão vertical por meio de terapia com aparelho oclusal plano duplo. Revista Brasileira de Odontologia, Rio de Janeiro, v. 65, n. 2, p. 220-223, jul./dez. 2008.

AMSTERDAM, M. Periodontal Prosthesis in Periodontal Therapy. In: GOLDMAN, M.H.; COHEN, D.W. (Eds.). Periodontal Therapy. 5th ed. St Louis: C.V. Mosby Company, 1973. p. 977.

BARABAN, D.J. Establishing centric relation and vertical dimension in occlusal rehabilitation. Journal of Prosthetic Dentistry, v. 12, p. 1157, 1962. DOI: https://doi.org/10.1016/0022-3913(62)90169-5

BEAUDREAU, D.E. The role of the posterior fixed bridge in occlusion. Dental Clinics of North America, v. 9, p. 13, 1965. DOI: https://doi.org/10.1016/S0011-8532(22)01695-0

BUGIGA, F. B. et al. Restabelecimento da dimensão vertical em paciente com desgastes dentais severos – relato de caso clínico. Jornal de Investigação Oral, v. 5, n. 2, p. 45-52, 2016. DOI: https://doi.org/10.18256/2238-510X/j.oralinvestigations.v5n2p45-52

CALIXTO, L.R., BANDECA, M.C., ANDRADE, M.F. Enceramento Diagnóstico: Previsibilidade no Tratamento Estético Indireto. Revista Dent Press Estética. 2011;8(4):26-37.

CARRANZA, F. A. et al. Periodontia clínica. 11. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2011. 1328p.

CARDOSO, S.V., TEIXEIRA, A.R., BALTEZAN, R.L., OLCHIK, R.M. O impacto das alterações de deglutição na qualidade de vida de idosos institucionalizados. Revista Kairós, 2014;17(1):231-45.

CESTO, F.M., DOMARESKI, L., SAMRA, A.P.B., NEPPELENBROEK, K.H., CAMPANHA, N.H., URBAN, V.M. Overlay Removable Partial Denture as Temporary Restoration of Vertical Dimension of Occlusion in a Bruxist Patient. RGO. 2015;63(1):95-102. DOI: https://doi.org/10.1590/1981-8637201500010000142493

CORN, H.; MARKS, H. Strategic extractions in periodontal therapy. Dental Clinics of North America, v. 13, p. 817, 1969. DOI: https://doi.org/10.1016/S0011-8532(22)01606-8

ELORZA, P. A. B., CASTRO, D. E. B. Síndrome de colapso de mordida posterior. Acta Odontológica Colombiana. Bogota, 2. ed, v. 2, p. 193-209, 2012.

FILHO, J. A. et al., Como realizar uma reabilitação oral complexa em etapas de acordo com o fluxo financeiro conveniente para os pacientes, proporcionando, já na primeira etapa: saúde, função e estética. J Clin Dent Res. v. 14, n. 4, p. 26-35, 2017. DOI: https://doi.org/10.14436/2447-911x.14.4-026-035.cli

FONSECA, C. T. A. Aspectos clínicos do ajuste oclusal na dentição natural. 2015. Monografia (Especialização) - Faculdade de Odontologia, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2015.

FRAGOSO, W. S. et al. Reabilitação Oral com Prótese Parcial Removível Overlay. Revista Gaúcha de Odontologia (Online), Porto Alegre, v. 53, n. 3, p. 243-246, 2005.

GOLDMAN, M.H.; COHEN, D.W.; RUBEN, P.M. Treatment Planning in Periodontal Therapy. In: GOLDMAN, M.H.; COHEN, D.W. (Eds.). 5th ed. St Louis: C.V. Mosby Company, 1973. p. 354.

GONÇALVES, L. et al. Digital Sky Hook. Clin Orthod., v. 22, n. 6, p. 84-94, dez. 2023/jan. 2024. DOI: https://doi.org/10.14436/2675-486X.22.6.084-094.art . Acesso em: 10 mar. 2024. DOI: https://doi.org/10.14436/2675-486X.22.6.084-094.art

LOBEZZOO, F., et al. International consensus on the assessment of bruxism: report of a work in progress. J Oral Rehabil. 2018;45(11):837-44. DOI: https://doi.org/10.1111/joor.12663

MADEIRA, M. C. R. Reconstrução oclusal em dentística: dimensão vertical de oclusão. 2011. Monografia (Especialização) - Faculdade de Odontologia, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2011.

MANFREDINI, D.; AHLBERG, J.; WETSELAAR, P.; SVENSSON, P.; LOBBEZOO, F. The bruxism construct: from cut-off points to a continuum spectrum. J Oral Rehabil, v. 3, n. 3, p. 126-31, 2019.

MORENO-HAY I, OKESON J.P. Does altering the occlusal vertical dimension produce temporomandibular disorders? A literature review. J Oral Rehabil. 2015; 42:875-82. DOI: https://doi.org/10.1111/joor.12326

OH E, PARK S, JANG W, PARK C, YUN K, LIM H, PARK S. Esthetic restoration of maxillary anterior fixed prosthesis using a digital diagnostic wax-up: a case report. J Dent Rehabil Appl Sci 2023;39:89-95. https://doi.org/10.14368/jdras.2023.39.2.89 . Acesso em: 10 mar. 2024. DOI: https://doi.org/10.14368/jdras.2023.39.2.89

PEGORARO, L. F. Prótese Fixa. 1. ed. São Paulo: Artes Médicas, 2004. 294p.

PATEL M.B, BENCHARIT S. A Treatment Protocol for Restoring Occlusal Vertical Dimension Using an Overlay Removable Partial Denture as an Alternative to Extensive Fixed Restorations: A Clinical Report. Open Dent J. 2009; 3(30): 213–8. DOI: https://doi.org/10.2174/1874210600903010213

RAMFJORD, S.P.; ASH, M.M. Occlusion. 2nd ed. Philadelphia, London, Toronto: W.B. Saunders Company, 1971. p. 130.

RODRIGUES, R. A. et al. Procedimentos multidisciplinares utilizados na recuperação da DVO durante a reabilitação estética e funcional – relato de caso. International Journal of Dentistry, [S.l.], v. 9, n. 2, p. 96-101, 2010.

SILVA, M. B. D et al. Reabilitação Bucal em casos de desgaste dentário: a importância da oclusão e adesão. J Clin Dent Res, São Paulo, v.14, n.3, p. 98-117, jul/sept. 2017 DOI: https://doi.org/10.14436/2447-911x.14.3.098-117.oar

SOUZA, H., MÉLO, A., MELCHIOR, M., MAGRI, L. The bruxism paradigm in the absence of teeth: observational cross-sectional study in full denture users. Brazilian Journal of Pain, 6(3), Jul-Sep 2023. https://doi.org/10.5935/2595-0118.20230060-pt . Acesso em: 10 mar. 2024. DOI: https://doi.org/10.5935/2595-0118.20230060-en

SOUZA, J. E. A.; SILVA, E. T.; LELES, C. R. Prótese Parcial Removível Overlay: fundamentos clínicos e relatos de casos. Revista Brasileira de Odontologia, ROBRAC, v. 18, n. 47, p. 41-48, 2009.

STERN, N.; BRAYER, L. Collapse of the occlusion--aetiology, symptomatology and treatment. Journal of Oral Rehabilitation, v. 2, n. 1, p. 1-19, jan. 1975.https://doi.org/10.1111/j.1365-2842.1975.tb00907.x . Acesso em: 10 mar. 2024. DOI: https://doi.org/10.1111/j.1365-2842.1975.tb00907.x

UPPAL, S.; GUPTA, N. K.; TANDAN, A.; DWIVEDI, R.; GUPTA, S.; KUMAR, S. Comparative evaluation of vertical dimension at rest before extraction, after extraction and after rehabilitation with complete denture - A Cephalometric study. Journal of Oral Biology and Craniofacial Research, v. 3, n. 2, p. 73–77, 2013. Disponível em: <https://doi.org/10.1016/j.jobcr.2013.04.001 DOI: https://doi.org/10.1016/j.jobcr.2013.04.001

Published

2024-06-05

How to Cite

Gonçalves, L., Silva, D., Almeida, I. F. de, & Silva, R. J. O. da. (2024). REABILITAÇÃO PROTÉTICA EM PACIENTE COM COLAPSO OCLUSAL POSTERIOR: ABORDAGEM MULTIDISCIPLINAR E ESTUDO DE CASO COM PRÓTESE PARCIAL REMOVÍVEL. Revista Contemporânea, 4(6), e4191 . https://doi.org/10.56083/RCV4N6-047

Issue

Section

Articles