APLICAÇÃO DE UMA SEQUÊNCIA DIDÁTICA SOBRE ELETROQUÍMICA COM ABORDAGEM CTSA

Authors

  • Pablo Colofatti Soto
  • Allan Fernando Santinon Bertoti
  • Marcelo Maia Cirino

DOI:

https://doi.org/10.56083/RCV4N5-038

Keywords:

abordagem CTSA, eletroquímica, análise de conteúdo, sequência didática

Abstract

O tema “pilhas e baterias” é constantemente utilizado para a educação ambiental, com abordagem focada nos problemas causados pelo descarte incorreto desses dispositivos e seus desdobramentos para o meio ambiente. Contudo, pouco se fala do desenvolvimento de novos materiais que podem proporcionar um aumento na eficiência de pilhas e baterias, assegurando assim um bom desempenho e diminuindo os impactos ambientais gerados pelo descarte inapropriado.  A abordagem Ciência Tecnologia, Sociedade e Ambiente (CTSA) integra os conceitos químicos e científicos com os aspectos sociais e tecnológicos, com finalidade de proporcionar uma alfabetização cientifica por meio de fenômenos e situações observadas no cotidiano. Nessa perspectiva, é necessário articular diversos conceitos químicos para a construção de um modelo que possibilite a correta compreensão sobre o funcionamento de dispositivos como pilhas e baterias. Uma sequência didática implementa a organização das atividades, possibilitando uma avaliação mais ampla. Tais atividades são avaliadas de diversos modos, entretanto, a análise de conteúdo é uma ferramenta que possibilita a inferência e a interpretação de unidades textuais produzidas pelos estudantes, por meio de seleções e categorizações. O presente trabalho apresenta alguns dos resultados obtidos na aplicação de uma sequência didática, com o tema “pilhas e baterias”, apoiada numa perspectiva CTSA, com estudantes de um curso profissionalizante.

References

ARRIGO, V.; ALEXANDRE, M. C. L.; ASSAI, N. D. S. O Ensino De Química e a Educação Ambiental: Uma Proposta Para Trabalhar Conteúdos de Pilhas e Baterias. Experiências em Ensino de Ciências, 13(5), 306–325, 2018.

AULER, D.; BAZZO, W. A. Reflexões para a implementação do movimento CTS no contexto educacional brasileiro. Ciência & Educação (Bauru), 7(1), 1–13, 2001. DOI: https://doi.org/10.1590/S1516-73132001000100001

BARDIN, L. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2011.

BRANCO, E. P.; ROYER, M. R.; BRANCO, A. B. G. A abordagem da Educação Ambiental nos PCNs, nas DCNs e na BNCC. Nuances: Estudos Sobre Educação, 29(1). 2018. DOI: https://doi.org/10.32930/nuances.v29i1.5526

BRASIL, Resolução n° 401, de 04 de novembro de 2008. CONAMA, 2008. Disponível em: http://www.mma.gov.br/port/conama/legislacao/CONAMA_RES_CONS_2008_401.pdf Acesso em 25 jul.2022.

BEDIN, F. C.; FANTINELLI, M.; SANTOS, M. C. G.; BALDAQUIM, M. J.; KIOURANIS, N. M. M.; MARANI, P. F. Abordagem CTS como promotora da alfabetização científica: concepções de um grupo de licenciandos em química. Scientia Naturalis, 4(4), 1–12, 2019.

CÂMARA, R. H. Análise de conteúdo: da teoria à prática em pesquisas sociais aplicadas às organizações. Revista Interinstitucional de Psicologia, 6(2), 179-191, 2013. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S198382202013000200003&lng=pt&tlng=pt Acesso em 20 de jun. 2022.

CAVALCANTI, M. H. S.; RIBEIRO, M. M.; BARRO, M. R. Planejamento de uma sequência didática sobre energia elétrica na perspectiva CTS. Ciência & Educação (Bauru), 24(4), 859–874, 2018. https://doi.org/10.1590/1516-731320180040004 DOI: https://doi.org/10.1590/1516-731320180040004

FARAUM, D. P.; CIRINO, M. M. Webquest x Webexercises: Uma Análise das Produções de Estagiários do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID) de Química Utilizando a Taxonomia Digital de Bloom. Ciência & Educação (Bauru), 2020.https://doi.org/10.1590/1516-731320200008 DOI: https://doi.org/10.1590/1516-731320200008

LAVÔR, A. R.; BARROSO, A. B. M.; ANDRADE, M. D. A obsolescência programada nas relações consumeristas e o caso das baterias dos telefones da Apple. Revista Quaestio Iuris, 14(02), 975-1000, 2021.

MAGALHÃES JUNIOR, C. A. O.; BATISTA, M. C. Metodologia da Pesquisa em Educação e Ensino de Ciências, Maringá: Massoni Gráfica e Editora, 2021.

MEDEIROS, J. S. S.; JÚNIOR, C. N. S. Revisão das Principais Propostas do Processo de Ensino e Aprendizagem da Eletroquímica no período de 2007 a 2017, no Brasil. Revista Debates em Ensino de Química, 7(1), 281–309, 2017.

MEZACASA, B. K.; KURZ, D. L.; BEDIN, E. O Uso da sequência didática no ensino de Química: um caso específico no estágio supervisionado. Revista Debates em Ensino De Química, 6(2), 270–290, 2021.

MUNCHEN, S.; ADAIME, M. B. Abordagem CTS na formação inicial de professores de Química: uma análise de sequências didáticas. Revista Debates em Ensino de Química, 7(1), 134–150, 2015. DOI: https://doi.org/10.53003/redequim.v7i1.3532

PEIXOTO, A. S. P.; DANTAS, J. M. Percepções dos estudantes sobre equipamentos eletroeletrônicos: caminhos para abordagem CTS. Educação Química en Punto de Vista, 5(2), 2021.

PRSYBYCIEM, M. M.; SILVEIRA, R. M. C. F.; SAUER, E. Experimentação investigativa no ensino de Química em um enfoque CTS a partir de um tema socio científico no ensino médio. Revista Eletrônica de Enseñanza de Las Ciencias, 17(3), 602–625, 2018.

RAICIK, A. C. A rã enigmática e os experimentos exploratórios: dos estudos iniciais de Galvani à sua teoria da eletricidade animal. História Das Ciências e Educação, 12(1), 114–13, 2019. DOI: https://doi.org/10.53727/rbhc.v12i1.44

RABÓCZKAY, T. Iniciação à Eletroquímica. São Paulo: Edusp, 2020.

REIS, J. B. A.; FREITAS-REIS, I. Sobre a doutrina, natureza e extensão da decomposição eletroquímica em 1833–1834. Filosofía e História de la Ciencia en el Cono Sur, p. 315, 2018.

SANTOS, M. R.; BARROSO, M. C. S.; HOLANDA, F. H. O.; SAMPAIO, C. G. História da Química: um estudo teórico sobre a pilha de Alessandro Volta Research, Society and Development, 1(1), 1–171, 2020. DOI: https://doi.org/10.33448/rsd-v9i5.3409

SILVA, J. R. N.; CRISTOVÃO, E. M.; SANTOS, J. R.; OLIVEIRA, J. R. S. A Prática De Ensino Interdisciplinar Como Contexto para a elaboração de propostas de projetos com enfoque CTS no ensino de Ciências e Matemática. Caminhos de Educação Matemática Em Revista (CEMeR), 12(1), 195–212, 2022.

SOUSA, J. R.; SANTOS, S. C. M. Análise de conteúdo em pesquisa qualitativa. Revista Pesquisa e Debate em Educação, 10(2), 1396–1416, 2020. DOI: https://doi.org/10.34019/2237-9444.2020.v10.31559

SOUZA, N. S. B.; DE ALMEIDA, A. C. P. C. Ensino de ciências: O enfoque CTS e a Ilha Interdisciplinar de Racionalidade (IIR). Revista Brasileira de Ensino de Ciência e Tecnologia, 13(3), 150–167, 2020. DOI: https://doi.org/10.3895/rbect.v13n3.10155

TEIXEIRA, A. M.; ESTUMANO, L. D.; MODESTO, L. S. P.; SANTIAGO, J. C. C.; MURIBECA, A. J. B. Assinalando a educação ambiental a partir de uma aula problematizadora sobre o uso e descarte de pilhas e baterias. Research, Society and Development, 10(9), 2021. DOI: https://doi.org/10.33448/rsd-v10i9.18126

THEZOLIN, A. T.; FERREIRA, G. A. M.; JUNIOR, J. A. L.; BISSOTO, L. R. M. Pilhas recarregáveis: análise de suas vantagens e desvantagens em relação às não recarregáveis. Revista Ciências do Ambiente (On-Line), 6(3), 2010.

VIECHENESKI, J. P.; CARLETTO, M. R. Iniciação Cientifica nos anos iniciais: contribuições de uma Sequência Didática. Investigações em Ensino de Ciências, 18(3), 525-543, 2013. DOI: https://doi.org/10.7867/1982-4866.2013v19n1p3-16

ZABALA, A. A prática educativa: Como ensinar? Porto Alegre: Artmed, 1998.

Published

2024-05-13

How to Cite

Soto, P. C., Bertoti, A. F. S., & Cirino, M. M. (2024). APLICAÇÃO DE UMA SEQUÊNCIA DIDÁTICA SOBRE ELETROQUÍMICA COM ABORDAGEM CTSA. Revista Contemporânea, 4(5), e4031. https://doi.org/10.56083/RCV4N5-038

Issue

Section

Articles