O ENSINO DE ESTATÍSTICA NO ENSINO FUNDAMENTAL ATRAVÉS DE UMA ABORDAGEM INVESTIGATIVA

Authors

  • Regis Nunes Vargas
  • Raquel Romes Linhares

DOI:

https://doi.org/10.56083/RCV4N5-014

Keywords:

estatística, ensino fundamental, abordagem investigativa, aprendizagem significativa, grupos de estudo, Google Formulários

Abstract

O ensino de estatística no ensino fundamental tem sido uma preocupação crescente na educação matemática, destacando-se a importância de uma abordagem investigativa. Tal abordagem envolve a realização de projetos em grupo, nos quais os alunos selecionam um tema, coletam dados, analisam-nos e produzem um relatório. Essa metodologia promove o desenvolvimento do raciocínio estatístico, habilidades de comunicação e colaboração. A estatística, como disciplina científica, surgiu no final do século XIX e tem se destacado cada vez mais no mundo atual, sendo inserida nos currículos de matemática em muitos países. A metodologia de ensino proposta inicia-se com a formação de grupos de alunos, que escolhem livremente um tema para investigação. A coleta de dados pode ser realizada por meio de questionários, experiências ou observações, utilizando ferramentas como o Google Formulários. Posteriormente, os dados são analisados e representados graficamente, permitindo inferências e o cálculo de medidas descritivas como média, mediana e moda. Essa abordagem promove uma aprendizagem mais significativa, aproximando os alunos da realidade e do cotidiano. Além disso, permite que desenvolvam habilidades essenciais para a vida, como a capacidade de identificar problemas, coletar e analisar dados de forma crítica, comunicar-se e colaborar em grupo. Por fim, é fundamental que os alunos elaborem relatórios para documentar suas análises e conclusões, possibilitando uma avaliação mais precisa por parte dos professores.

References

BÔAS, S. G. V.; CONTI, K. C.. Base Nacional Comum Curricular: um olhar para Estatística e Probabilidade nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental. Ensino Em Re-Vista, 2018, 25(4), 984–1003. Disponível em: . Acesso em 12 de dez. 2023.

Brasil. Ministério da Educação – Secretaria de Educação Básica. Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa: Educação Estatística. Brasília, 2014. 80p.

____. Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Educação é a Base. Brasília, MEC/CONSED/UNDIME, 2017.

Guimarães, G. L.; Carvalho, J. I. F. Estatística e probabilidade na escola. Recife: UFPE, 2021. DOI: https://doi.org/10.51359/978-65-5962-071-5

LOPES, C. E. O ensino da estatística e da probabilidade na educação básica e a formação dos professores. Cadernos CEDES, v. 28, n. 74, p. 57–73, abr. 2008. DOI: https://doi.org/10.1590/S0101-32622008000100005

______. Os desafios para Educação Estatística no currículo de Matemática. In: LOPES, C E.; COUTINHO, C. Q. S.; ALMOULOUD, S. A. Estudos e reflexões em Educação Estatística. Campinas: Mercado de Letras, 2010.

MACGILLIVRAY, H.; PEREIRA-MENDOZA, L. Teaching Statistical Thinking Through Investigative Projects. p. 109–120, 1 jan. 2011. DOI: https://doi.org/10.1007/978-94-007-1131-0_14

MOURA, M. O; LOPES, A. R. L. V.; ARAUJO, E. S.; CEDRO, W. L. Atividades para o ensino de Matemática nos anos iniciais da Educação Básica. VolumeI: Estatística (organizadores), 2018. Disponível em: <http://www.labeduc.fe.usp.br/wp-content/uploads/Ebook-Livro1EstatisticaMarco2021.pdf>. Acesso em: 12 de dez. 2023.

PEREIRA, E. L.; CONTI, K. C.; CARVALHO, D. L. Comemorando aniversários e trabalhando com Estatística no 3º. ano do Ensino Fundamental. In: COUTINHO, C. Q. S. (Org.) Discussões sobre o ensino e a aprendizagem da Probabilidade e da Estatística na Escola Básica. Campinas: Mercado de Letras, 2013.

VILAS BÔAS, S. G.; CONTI, K. C.. Base Nacional Comum Curricular: um olhar para Estatística e Probabilidade nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental. Ensino Em Re-Vista, 2018, 25(4), 984–1003. Disponível em: <https://doi.org/10.14393/ER-v25n3e2018-8>. Acesso em 30 de mar. 2024. DOI: https://doi.org/10.14393/ER-v25n3e2018-8

WODEWOTZKI, M. L. L.; JACOBINI, O. R. O ensino de Estatística no contexto da educação Matemática. In: BICUDO, M. A. V.; BORBA, M. C. Educação Matemática: pesquisa em movimento. São Paulo: Cortez, 2009, p. 232-249.

Published

2024-05-03

How to Cite

Vargas, R. N., & Linhares, R. R. (2024). O ENSINO DE ESTATÍSTICA NO ENSINO FUNDAMENTAL ATRAVÉS DE UMA ABORDAGEM INVESTIGATIVA. Revista Contemporânea, 4(5), e3953. https://doi.org/10.56083/RCV4N5-014

Issue

Section

Articles