AVALIAÇÃO DO POTENCIAL ANTIMICROBIANO DE ÓLEOS ESSENCIAIS, FRENTE AS CEPAS K. PNEUMONIANE C. albicans

Authors

  • João Marcos Dichtl Oliveira
  • Eduardo Matias dos Santos
  • Isadora Pedreira Santos de Abreu
  • Rhayzza de Melo Marques
  • Antonio Francisco Marinho Sobrinho
  • Luisa Sousa Machado
  • Guilherme Augusto Brito Bucar Oliveira
  • Jean Matheus Guedes Cardoso
  • João Victor Campos Silva
  • Gustavo Brito da Silva Araujo

DOI:

https://doi.org/10.56083/RCV3N10-132

Keywords:

Produtos Naturais, Antimicrobiano, Fitoterápico

Abstract

O óleo de copaíba (gênero Copaífera família Leguminosea) tem grande importância no mercado por apresentar em sua composição química substâncias que desempenham diferentes efeitos farmacológicos, como por exemplo: o β-cariofileno (marcador), que desencadeia efeitos terapêuticos como: anti-flamatório, antibacteriano, antifúngico e antiedêmica. Essa substância faz parte da classe dos sesquisterpenos, que são responsáveis por aproximadamente 63% da composição química do óleo (Boaroto, 2014). Os estudos de Faria (2014) afirmam que, em relação ao efeito antimicrobiano do óleo de copaíba, as pesquisas realizadas demonstram capacidade de inibir o crescimento de bactérias, como também, os mesmos sugerem que os responsáveis pela atividade antifúngica sejam os seguintes compostos: β-cariofileno, α-copaeno, trans-α-bergamoteno, α-humuleno, γ-muuroleno e β- bisaboleno.

References

ALENCAR, J. C., 1982. Estudos silviculturais de uma população natural de Copaifera multijuga Hayne – Leguminosae, na Amazônia Central. 2- Produção de óleo-resina. Acta Amazônica. 12, 255-279. DOI: https://doi.org/10.1590/1809-43921982121075

BARBOSA, P. C. S., 2012. Padronização de óleos de Copaifera multijuga Hayne por meio de técnicas cromatográficas. Manaus, 135 p. Dissertação Mestrado, Universidade Federal do Amazonas.

BIAVATTI, M. W., Dossin D., Deschamps F. C., Lima M. da P., 2006. Análise de óleos-resinas de copaíba: contribuição para o seu controle de qualidade. Revista Brasileira de Farmacognosia. 16, 230-235. DOI: https://doi.org/10.1590/S0102-695X2006000200017

BRASIL, 1926. Farmacopeia dos Estados Unidos do Brasil. 1 ed. São Paulo: Companhia Editora Nacional.

CASCON, V., Gilbert, B., 2000. Characterization of the chemical composition of oleoresins of Copaifera guianensis Desf., Copaifera duckei Dwyer and Copaifera multijuga Hayne. Phytochemistry. 55, 773 – 778. DOI: https://doi.org/10.1016/S0031-9422(00)00284-3

CHEN, W., Zou, L., Chen, W., Hu, Y., Chen, H., 2018. Effects of Black Pepper (Piper nigrum L.) Chloroform Extract on the Enzymatic Activity and Metabolism of Escherichia coli and Staphylococcus aureus. Journal of Food Quality. 2018, 1-9. DOI: https://doi.org/10.1155/2018/9635184

DEUS, R. J. A., Alves, C. N., Arruda, M. S. P., 2011. Avaliação do efeito antifúngico do óleo resina e do óleo essencial de copaíba (Copaifera multijuga Hayne). Revista Brasileira de Plantas Medicinais. 13, 1-7. DOI: https://doi.org/10.1590/S1516-05722011000100001

GIESBRECHT, P. C. P., 2011. Efeitos da Pomada de Óleo de Copaíba em Queimadura Cutânea em Rato. Vila Velha, 61 p. Dissertação Mestrado, Centro Universitário Vila Velha.

JUNIOR, V. F. V., Pinto, A. C., 2002. O GÊNERO Copaifera L. Química Nova. 25, 273-286. DOI: https://doi.org/10.1590/S0100-40422002000200016

LUCCA, L. G., Matos S. P., Borille, B. T., O Dias D., Teixeira, H. F., Junior, V. F V., Limberger, R. P., Koester, L. S., 2015. Determination of β-caryophyllene skin permeation/retention from crude copaiba oil (Copaifera multijuga Hayne) and respective oil-based nanoemulsion using a novel HS-GC/MS method. Journal of pharmaceutical and biomedical analysis. 104, 144-148. DOI: https://doi.org/10.1016/j.jpba.2014.11.013

MACIEL, M. A. M., Pinto, A. C., Junior, V. F. V., Grynberg, N. F., Echevarria, A., 2002. Plantas medicinais: a necessidade de estudos multidisciplinares. Química Nova. 25, 429-438. DOI: https://doi.org/10.1590/S0100-40422002000300016

MONTEIRO, M. M., Monteiro, M. J. S., Barbosa, W. L. R., 2012. Saber e uso de Plantas Medicinais em Marudá e na APA Algodoal - Maiandeua. Belém: ANPPAS, p. 1-16.

OLIVEIRA, E. C. P., Lameira, O. A., Zoghbi, M. G. B., 2006. Identificação da época de coleta do óleoresina de copaíba (Copaifera spp.) no município de Moju, PA. Revista Brasileira Plantas Medicinais. 8, 14-23.

PEDRONI, F., Sanchez, M., Santos, F. A. M., 2002. Fenologia de copaíba (Copaifera langsdorffii Desf.- Legumonosae, Caesalpinioideae) em uma floresta semidecídua no sudeste do Brasil. Revista Brasileira de Botânica. 25, 183-194. DOI: https://doi.org/10.1590/S0100-84042002000200007

PIERI, F. A., Mussi, M. C., Moreira, M. A. S., 2009. Óleo de copaíba (Copaifera sp.): histórico, extração, aplicações industriais e propriedades medicinais. Revista Brasileira Plantas Medicinais. 11, 465-472. DOI: https://doi.org/10.1590/S1516-05722009000400016

PIO, M. C., 1931. Dicionário das plantas úteis do brasil e das exóticas cultivadas. Rio de Janeiro: Ministério da Agricultura. p. 371.

SALGUEIRO, M. B. S., Tyio, R., 2016. ÓLEO DE COPAÍBA: ASPECTOS GERAIS E SUAS APLICAÇÕES. Revista Uningá Review. 27, 42-47.

SANTIAGO, K. B., Conti, B. J., Andrade, B. F. M. T., Silva, J. J. M., Rogez, H. L. G., Crevelin, E. J., Moraes, L. A. B., Veneziani, R., Ambrósio, S. R., Bastos, J. K., Sforcin, J. M., 2015. Immunomodulatory action of Copaifera spp oleoresins on cytokine production by human monocytes. Biomedicine & Pharmacotherapy. 70, 12–18. DOI: https://doi.org/10.1016/j.biopha.2014.12.035

SILVA, R. C. V. M., Pereira, J. F., Lima, H. C., 2008. O GÊNERO COPAIFERA (LEGUMINOSAE – CAESALPINIOIDEAE) NA AMAZÔNIA BRASILEIRA. Rodriguésia. 59, 455-476. DOI: https://doi.org/10.1590/2175-7860200859304

VASCONCELOS, A. F. F., Godinho, O. E. S., 2002. Uso de métodos analíticos convencionais no estudo da autenticidade do óleo de copaíba. Química Nova. 25, 1057-1060. DOI: https://doi.org/10.1590/S0100-40422002000700002

YAMAGUCHI, M. H., Garcia, R. F., 2012. Óleo de Copaíba e suas Propriedades Medicinais: Revisão Bibliográfica. Revista Saúde e Pesquisa. 5, 137-146.

Published

2023-10-25

How to Cite

Oliveira, J. M. D., dos Santos, E. M., de Abreu, I. P. S., Marques, R. de M., Marinho Sobrinho, A. F., Machado, L. S., Oliveira, G. A. B. B., Cardoso, J. M. G., Silva, J. V. C., & Araujo, G. B. da S. (2023). AVALIAÇÃO DO POTENCIAL ANTIMICROBIANO DE ÓLEOS ESSENCIAIS, FRENTE AS CEPAS K. PNEUMONIANE C. albicans. Revista Contemporânea, 3(10), 19090–19104. https://doi.org/10.56083/RCV3N10-132

Issue

Section

Articles