A “BOA NOVA” NEOCALVINISTA PARA O BRASIL: SOCIEDADE, POLÍTICA E CULTURA NO PENSAMENTO CALVINISTA BRASILEIRO

Authors

  • Dayvison Carlos Costa dos Santos

DOI:

https://doi.org/10.56083/RCV3N11-068

Keywords:

Neocalvinismo, Calvinismo, Teologia, Mudanças

Abstract

A relação entre calvinismo e sociedade brasileira é mediada pela história dos protestantes no Brasil. Este artigo tem por objetivo refletir preliminarmente sobre o comportamento da teologia calvinista, que chega ao Brasil em meados do século XIX através de missões protestantes norte-americanas, em relação às dinâmicas da sociedade nacional até chegar a visão neocalvinista. Intenta, assim, pensar como, no decorrer da história, essa teologia lidou com a sociedade brasileira e seus rumos sociais, políticos e culturais. Nesse sentido, verificamos que, desde as primeiras décadas de instalação do protestantismo aqui essa teologia assumiu uma postura marcadamente conversionista, individualista e indiferente à sociedade, à cultura e à política brasileiras; e que, apesar de certas alterações nesse ethos ocorridas na altura dos anos 1950 e 1960, esse posicionamento foi retomado e hegemônico até pelo menos o limiar do séc. XXI, quando no Brasil começa a ter espaço um outro calvinismo, chamado de neocalvinismo holandês, o qual defende a atuação intencional de protestantes na formatação da sociedade, da cultura e da política brasileiras em todas as suas especificações, o que pode já estar trazendo consequências históricas importantes e, por isso, merece espaço numa acurada interpretação do Brasil contemporâneo.

References

ALENCAR, Gustavo de. Evangélicos e a nova direita no Brasil: Os Discursos conservadores do neocalvinismo e as interlocuções com a política. Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais – UFJF, v. 13, n. 2, Dezembro, 2018. DOI: https://doi.org/10.34019/2318-101X.2018.v13.12428

ALMEIDA, Vinnícius Pereira de. O projeto ético-político do kuyperianismo: apontamentos históricos, teológicos e seu processo de recepção no Brasil contemporâneo. Dissertação (Mestrado em Ciências da Religião) – Diretoria de Pós-Graduação e Pesquisa, Programa de Pós-Graduação em Ciências da Religião da Universidade Metodista de São Paulo. São Bernardo do Campo, 2019.

BARRETO JR, Raimundo C. O movimento ecumênico e o surgimento da responsabilidade social no protestantismo brasileiro. Numen: revista de estudos e pesquisa da religião, Juiz de Fora, v. 13, n. 1 e 2, p. 273-323, 2010.

BERGER, Peter L. A dessecularização do mundo: uma visão global. Religião e Sociedade, Rio de Janeiro, 21(1): 9-24, 2000.

BURITY, Joanildo Albuquerque. O suposto projeto de poder dos “evangélicos”. 2018. Disponível em: https://medium.com/instituto-mosaico/o-suposto-projeto-de-poder-dos-evang%C3%A9licos-3fad45301e33. Consultado em: 10/05/2021.

CAMPOS. Leonildo Silveira. Os “políticos de Cristo” – uma análise do comportamento político de protestantes históricos e pentecostais no Brasil. GT Religião e Sociedade, XXVI ANPOCS, Caxambu, outubro de 2002.

CARVALHO, Guilherme Vilela Ribeiro de (Org.). Cosmovisão cristã e transformação. Viçosa, MG: Ultimato, 2006.

CASANOVA, José. Reconsiderar la Secularización: Una perspectiva comparada mundial. Revista Académica de Relaciones Internacionales, Núm. 7 Noviembre de 2007.

DIAS, Agemir de Carvalho. A conferência do nordeste e a crise do movimento ecumênico evangélico no Brasil. REFLEXUS - Revista de Teologia e Ciências das Religiões - Ano VI, n. 7, (1), pp. 101-115, 2012. DOI: https://doi.org/10.20890/reflexus.v6i7.86

FRESTON, Paul. Protestantes e política no Brasil: da constituinte ao impeachment. Tese de Doutorado (UNICAMP), Campinas-SP, 1993.

GUSTAVO, Túlio. Como eu descobri o plano de dominação evangélico – e larguei a igreja. The Intercept Brasil, 31 de janeiro de 2019. Disponível em: https://theintercept.com/2019/01/31/plano-dominacao-evangelico/. Consultado em: 10/05/2021.

HABERMAS, Jürgen. Fé e Saber. In: HABERMAS, Jürgen. O futuro da natureza humana: o

caminho de uma eugenia liberal? 2 ed. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2010.

LÉONARD, Émile. O Protestantismo brasileiro. São Paulo: ASTE, s/d.

MARIANO, Ricardo. Eleições presidenciais na América Latina em 2018 e o ativismo político de evangélicos conservadores. Revista USP • São Paulo • n. 120 • p. 61-76 • janeiro/fevereiro/março, 2019 DOI: https://doi.org/10.11606/issn.2316-9036.v0i120p61-76

MARIANO, Ricardo. Pentecostais e política no Brasil: do apolitismo ao ativismo corporativista. In: Debates pertinentes: para entender a sociedade contemporânea [recurso eletrônico] / org. Hermílio Santos. – Dados eletrônicos. – Porto Alegre: EDIPUCRS, 2009.

MENDONÇA, Antônio Gouvêa. O celeste porvir: a inserção do protestantismo no Brasil. São Paulo: Ed. Paulinas, 1984.

MENDONÇA, Antônio Gouvêia. República e pluralidade religiosa no Brasil. REVISTA USP, São Paulo, n.59, p. 144-163, setembro/novembro, 2003. DOI: https://doi.org/10.11606/issn.2316-9036.v0i59p144-163

PACHECO. Ronilson. Quem são os evangélicos calvinistas que avançam silenciosamente no governo Bolsonaro. The Intercept Brasil, 4 de fevereiro de 2020. Disponível em: https://theintercept.com/2020/02/04/evangelicos-calvinistas-bolsonaro/. Consultado em: 10/05/2021.

PIERUCCI, Antônio Flávio. A benvinda politização dos pentecostais. Contexto Pastoral, n. 33, ano VI, julho-agosto, 1996.

SANTOS, Alberto Pereira dos. Cultura evangélica no território brasileiro. Anais do X Encontro de Geógrafos da América Latina – 20 a 26 de março de 2005 – Universidade de São Paulo, 2005.

SILVA, Elizete da. Protestantismo e questões sociais. Sitientibus, Feira de Santana, n.14, p.129-142, 1996.

SOUZA, Silas Luiz de. Pensamento sobre ação social no protestantismo brasileiro. CIÊNCIAS DA RELIGIÃO – HISTÓRIA E SOCIEDADE, v. 9, n. 1, pp. 147-170, 2011.

SPYER, Juliano. Povo de Deus: quem são os evangélicos e por que eles importam. São Paulo: Geração Editorial, 2020.

WEBER, Max. Rejeições Religiosas do Mundo e Suas Direções. In: WEBER, Max. Ensaios de sociologia. 5ª Ed. Rio de Janeiro: LTC – Livros Técnicos e Científico Editora S.A., 2002.

Published

2023-11-10

How to Cite

dos Santos, D. C. C. (2023). A “BOA NOVA” NEOCALVINISTA PARA O BRASIL: SOCIEDADE, POLÍTICA E CULTURA NO PENSAMENTO CALVINISTA BRASILEIRO. Revista Contemporânea, 3(11), 21196–21213. https://doi.org/10.56083/RCV3N11-068

Issue

Section

Articles