TECNOLOGIAS DA COMUNICAÇÃO E DA INFORMAÇÃO E A SUA INFLUÊNCIA NA CONSTITUIÇÃO PSÍQUICA DO SUJEITO

Authors

  • Aline de Oliveira Silva
  • Daiana Lopes Ferreira Montagner
  • Daniela Branco de Oliveira
  • Jakeline Guimarães
  • Kamila Gadelha Farias
  • Pierina Angélica Soratto
  • Raissa Pinto Rodrigues

DOI:

https://doi.org/10.56083/RCV3N10-057

Keywords:

Tecnologias, Crianças e Adolescentes, Constituição Psíquica, Parentalidade, Winnicott

Abstract

O uso crescente das tecnologias da informação e da comunicação (TICs) por crianças e adolescentes tem suscitado preocupações sobre seus impactos na constituição psíquica do sujeito e no papel da parentalidade. Este estudo teórico, fundamentado na abordagem winnicottiana, discute as implicações das TICs no desenvolvimento infantil, destacando os conceitos de mãe suficientemente boa, handling, holding, fases de amadurecimento, espaço potencial e objeto transicional. O estudo conclui que as TICs podem ter um impacto positivo ou negativo no desenvolvimento infantil, dependendo da forma como são utilizadas. Um ambiente facilitador, que estabelece limites e oferece espaço para a criatividade, é fundamental para que as TICs sejam usadas de forma benéfica.

References

ALMEIDA, M. T. P. O Brincar na Educação Infantil. Revista Virtual EFArtigos. Natal/RN- volume 03- número 01- maio, 2005. Disponível em http://efartigos.atspace.org, acesso em 08 de agosto de 2023.

AMPARO, D.M.; GREGÓRIO, S.D. O brincar e o espaço potencial no ambiente virtual. Revista Ágora - Estudos em Teoria Psicanalítica: Rio de Janeiro v. XXI n. 1 jan/abr 2018 71-82. Disponível em http.: www.scielo.br, acesso em 10 de agosto de 2023. DOI: https://doi.org/10.1590/1809-44142018001007

ARAÚJO, S. P. et al. Tecnologia na Educação: Contexto Histórico, Papel e Diversidade. Anais do CEMAD -IV Jornada de Didática e III Seminário de Pesquisa do CEMAD. Londrina, 2017.

CASTELLS, M. A sociedade em rede. São Paulo: Paz e Terra, 2010.

FÉRES-CARNEIRO, T.; GORIN, M. C.; MACHADO, R.N.; MELLO, R. O estatuto contemporâneo da parentalidade. Rev. SPAGESP vol.16 no.2 Ribeirão Preto 2015. Disponível em http.:www.scielo.br, acesso em 20 de maio de 2023.

GOMES, V. R. R. Medianeras: Buenos Aires na era do amor virtual - reflexões sobre as relações contemporâneas. In: Okamoto, M. Y. & Maia, B. B. (Orgs), Leituras sobre a sexualidade em filmes: Psicanálise e vínculos. Vol. 3 (pp. 77-90). São Carlos: Pedro & João Editores, 2020.

GRIZÓLIO, T. C.; SCORSOLINI-COMIN, F. Niños en la red: percepciones de padres y madres de niños sobre el uso de internet. Ciências Psicológicas, 15(2), e–2238. https://doi.org/10.22235/cp.v15i2.2238, 2021, acesso em 20 de janeiro de 2023 DOI: https://doi.org/10.22235/cp.v15i2.2238

KARNAL, L. O dilema do porco-espinho: como lidar com a solidão. São Paulo: Planeta do Brasil, 2018.

LEVY, Elizabeth Samuel, & MONTEIRO, Louise Freitas. (2019). Internet e psicanálise: considerações sobre seus efeitos na forma de subjetivação da criança. Estudos de Psicanálise, (52), 59-67. Disponível em http.:www.scielo.br, acesso em 10 de maio de 2023.

LIPOVETSKY, G. Os tempos hipermodernos. São Paulo: Editora Barcarolla, 2004.

LOCATELLI, R. S. Adolescência e laço social: articulações possíveis no contexto dos jogos on-line. 1. ed. São Paulo: Zagodoni, 2022.

LUCERO, A.; VORCARO, Angela. A importância da teoria de Winnicott sobre a comunicação para a construção do significado ética da psicanálise. Nat. hum. vol.17 no.1 São Paulo: 2015. Disponível em http.:www.scielo.br, acesso em 20 de agosto de 2023.

MAIA, B. B. & GOMES, D. D. (2020). Black Mirror - Arkangel: reflexões sobre narcisismo e parentalidade no contemporâneo. In: Okamoto, M. Y. & Maia, B. B. (Orgs), Leituras sobre a sexualidade em filmes: Psicanálise e vínculos. Vol. 3 (pp. 91- 106). São Carlos: Pedro & João Editores.

MINERBO, M. (2019). Neurose e não neurose. 2a ed. São Paulo: Blucher.

NOGARA, M. A. Adição aos jogos digitais: uma investigação psicanalítica. 1. ed. São Paulo: Zagodoni, 2022.

RAZZONLINE FILHO, Edelvino. Administração da pequena e média empresa. Curitiba: IESDE, 2012.

RODRIGUES, Ricardo Batista. Novas Tecnologias da Informação e da Comunicação. Recife: IFPE, 2016.

ROMÃO-DIAS, D; NICOLACI-DA-COSTA, A. O brincar e a realidade virtual. Cadernos de psicanálise (Rio de Janeiro), v. 34, n. 26, p. 85-101, 2012.

SANTOS, Eliane Lopes dos. O uso das tecnologias da informação e comunicação (TIC’s) junto às intervenções psicológicas de pacientes diante da pandemia do novo corona vírus (COVID-19): uma análise de seus benefícios. Maceió: 2020. TCC (Graduação em Psicologia) – Centro Universitário CESMAC, Maceió - AL, 2020.

SCHOLZ, Ana Luíza Tomazetti, SCREMIN, Ana Luíza Xavier, BOTTOLI, Cristiane, & COSTA, Vanessa Fontana da. (2015). O exercício da parentalidade no contexto atual e o lugar da criança como protagonista. Estudos de Psicanálise, (44), 15-22. Disponível em http.: www.scielo.br., acesso em 13 de maio de 2023.

TRINDADEI, Jaqueline C. Salles; FONSECA-SILVA, Maria da Conceição. Memória da presença e desenvolvimento emocional em Winnicott. Nat. hum. vol.23 no.1 São Paulo jan./jun. 2021. Disponível em http.:www.scielo.br, acesso em 21 de julho de 2023.

TURKLE, S. A vida no ecrã: identidade na era da Internet. Lisboa: Relógio D’água, 1997.

WINNICOTT, D. W. A teoria do relacionamento pais-bebê. In: Winnicott, D. W. Processos de amadurecimento e ambiente facilitador. São Paulo: Ubu editora, 1960.

WINNICOTT, D. W. A criatividade e suas origens. In: Winnicott, D. W. O brincar e a realidade. São Paulo: Ubu editora, 1967.

WINNICOTT, D. W. O brincar & a realidade. Rio de Janeiro: Imago, 1975.

WINNICOTT, D. W. (1971). O Brincar e a Realidade. (2a ed.). São Paulo: Ubu, 2019.

WINNICOTT, D. W. (1990a). Natureza humana. Rio de Janeiro: Imago, 1990.

WINNICOTT, D. W. (1990b). O ambiente e os processos de maturação. Porto Alegre: Editora Artes Médicas, 1990.

WINNICOTT, D. W. (2012). Os bebês e suas mães. São Paulo: Martins Fontes, 2012.

WINNICOTT, D. W. (2000). Objeto transicional e fenômenos transicionais. In: O brincar e a realidade (p. 326-333). Rio de Janeiro: Imago. (Originalmente publicado em 1953).

Published

2023-10-16

How to Cite

Silva, A. de O., Montagner, D. L. F., de Oliveira, D. B., Guimarães, J., Farias, K. G., Soratto, P. A., & Rodrigues, R. P. (2023). TECNOLOGIAS DA COMUNICAÇÃO E DA INFORMAÇÃO E A SUA INFLUÊNCIA NA CONSTITUIÇÃO PSÍQUICA DO SUJEITO . Revista Contemporânea, 3(10), 17719–17741. https://doi.org/10.56083/RCV3N10-057

Issue

Section

Articles