CONHECIMENTO DA EQUIPE DE ENFERMAGEM DO SAMU SOBRE A PRESERVAÇÃO DE VESTÍGIOS DE CRIME

Authors

  • Ligia Ferreira Costa
  • Antonio de Pádua Vieira Cavalcanti
  • Marcos Santos Silva
  • Vitória Maria Costa da Silva Estevão de Azevedo
  • Gabriela Granja Porto Petraki
  • Adriana Conrado de Almeida

DOI:

https://doi.org/10.56083/RCV3N11-014

Keywords:

Enfermagem Forense, Ciências Forenses, Crime, Prova Pericial, Serviços Médicos de Emergência

Abstract

Objetivo: analisar a percepção da equipe de enfermagem do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) do município de Petrolina, PE sobre a preservação de vestígios de crime. Métodos: Estudo de campo, descritivo, transversal, realizado no período de 2021 e 2022 na equipe de enfermagem do SAMU, constituída por 23 profissionais (enfermeiros assistenciais, técnicos de enfermagem, técnico de enfermagem da motolância e enfermeiro gestor), que assinaram o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Para a coleta de dados foi construído um questionário com 24 perguntas fechadas, utilizou-se para análise dos dados a estatística descritiva. Resultados: 34,8% afirmaram “conhecer minimamente” a Lei Anticrime especificamente sobre a preservação dos vestígios. No entanto, 52,2% reconheceram como “muito importante” o tema e 91,3% expressaram a necessidade de capacitação em ciências forenses. Conclusões: Existe conhecimento limitado sobre a integralidade de vestígios, na perspectiva da cadeia de custódia, apesar de reconhecerem a sua importância. 

References

Machado MM. Importância da cadeia de custódia para prova pericial. RCML [Internet]. 2017 [cited 2023 May 12];1(2):8-12. Available from: https://revistacml.com.br/wp-content/uploads/2018/04/RCML-2-01.pdf

Carrigan M, Collington P, Tyndall J. Forensic perioperative nursing. Advocates for justice. Can Oper Room Nurs J [Internet]. 2000 Dec [cited 2023 May 12]; 18(4):12-16. Available from: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/11899332/

Souza LA, Vasconcellos VG. A cadeia de custódia da prova obtida por meio de interceptações telefônicas e telemáticas: meios de proteção e consequências da violação. Rev Faculdade de Direito UFPR [Internet]. 2020 May/Aug [cited 2023 May 12]; 65(2):31-48. Available from: https://revistas.ufpr.br/direito/article/view/68577 DOI: https://doi.org/10.5380/rfdufpr.v65i2.68577

Presidência da República (BR). Lei nº 13.964, de 24 de dezembro de 2019. Aperfeiçoa a legislação penal e processual penal [Internet]. Brasília: Presidência da República; 2019 [cited 2023 May 12]. Available from: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2019-2022/2019/lei/l13964.htm

Lima SR, Proença TJ, Ferreira WFS, Tetzlaff AAS. Uma revisão sobre a enfermagem forense no pronto atendimento. Rev Jurídica Uniandrade [Internet]. 2019 [cited 2023 May 12]; 30(1). Available from: https://revista.uniandrade.br/index.php/juridica/article/view/1241

Evans MM, Stagner PA, Rooms R. Maintaining the chain of custody: evidence handling in forensic cases. Aorn J. 2003; 78(4):563-9. Doi: https://doi.org/10.1016/s0001-2092(06)60664-9 DOI: https://doi.org/10.1016/S0001-2092(06)60664-9

Malta M, Cardoso LO, Bastos FI, Magnanini MMF, Silva, CMF. Iniciative Strobe: subsídios para comunicação de estudos observacionais. Rev Saúde Pública; [Internet]. 2010 [cited 2023 May 12]; 44(3):559-65. Available from: https://files.cercomp.ufg.br/weby/up/150/o/Anexo_C10_STROBE.pdf DOI: https://doi.org/10.1590/S0034-89102010000300021

Ministério da Saúde (BR). Portaria nº 1.010, de 21 de maio de 2012. Redefine as diretrizes para a implantação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192) e sua Central de Regulação das Urgências, componente da Rede de Atenção às Urgências [Internet]. Brasília: Ministério da Saúde; 2012 [cited 2023 Jan 23]. Available from: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2012/prt1010_21_05_2012.html

Mota MGF, Petraki GGP, Antunes AA, Almeida AC, Castro IC, Souza AG. Análise dos profissionais da área da saúde acerca dos principios do seu papel como elo na cadeia de custódia de vestígios criminosos em hospitais de emergência do estado de Pernambuco. Delictae Revista de Estudos Interdisciplinares sobre Delito [Internet]. 2022 [cited 2023 May 12]; 7(13). Available from: https://www.delictae.com.br/index.php/revista/article/view/202/145

Cabral CCO, Bampi LNS, Queiroz RS, Araújo AF, Calasans LHB, Vaz TS. Qualidade de vida de enfermeiros do serviço de atendimento móvel de urgências. Texto Contexto-Enferm. 2020; 29:e20180100. Doi: http://dx.doi.org/10.1590/1980-265X-TCE-2018-0100 DOI: https://doi.org/10.1590/1980-265x-tce-2018-0100

Carvalho DP de, Rocha LP, Brum NA, Gutierres ED, Nogario ACD, Bordignon SS. Perfil de trabalhadores da enfermagem de hospitais universitários e as cargas de trabalho: análise por cluster. Esc Anna Nery Rev Enferm. 2022; 26. Doi: https://doi.org/10.1590/2177-9465-EAN-2021-0194 DOI: https://doi.org/10.1590/2177-9465-ean-2021-0194

Leite HDCS, Carvalho MTR, Cariman SLS, Araújo ERM, Silva NC, Carvalho R. Risco ocupacional entre profissionais de saúde do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência - SAMU. Enferm Foco [Internet]. 2016 [cited 2023 May 12]; 7(3/4):31–5. Available from: http://revista.cofen.gov.br/index.php/enfermagem/article/view/912/342 DOI: https://doi.org/10.21675/2357-707X.2016.v7.n3/4.912

Florenzano FA. A importância da Preservação do Local do Crime para a Perícia Criminal. Rev Especialize on-line [Internet]. 2019 [cited 2023 May 12]; 10(17). Available from: https://site.ipog.edu.br/wp-content/uploads/2020/12/fernando-augusto-florenzano-361719.pdf

Silveira AM, Pereira A. Isolamento e preservação de local de crime - procedimento substancial à integridade do trabalho pericial. Rev Bras Criminal. 2020; 9(2):56–61. Doi: https://doi.org/10.15260/rbc.v9i2.355 DOI: https://doi.org/10.15260/rbc.v9i2.355

Alves, JCR, Paz MJJ. A importância da enfermagem forense para enfermeiros que atuam nas unidades de emergência. REAS. 2019; (30):e1133. https://doi.org/10.25248/reas.e1133.2019 DOI: https://doi.org/10.25248/reas.e1133.2019

Peel M. Opportunities to preserve forensic evidence in emergency departments. Emerg Nurse. 2016; 24(7):20-6. Doi: https://doi.org/10.7748/en.2016.e1618 DOI: https://doi.org/10.7748/en.2016.e1618

Rocha HNR, Rodrigues BA, Paula GVN, Araújo JPA, Gomes TA, Souza ARN, et al. O enfermeiro e a equipe multidisciplinar na preservação de vestígios forenses no serviço de urgência e emergência. Braz J Hea. 2020; 3(2):2208-17. Doi: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n2-073 DOI: https://doi.org/10.34119/bjhrv3n2-073

Ministério da Justiça (BR), Secretaria Nacional de Segurança Pública. Diagnóstico da perícia criminal no Brasil [Internet]. Brasília: Ministério da Justiça; 2012 [cited 2023 May 12]. Available from: https://www.mpma.mp.br/arquivos/CAOPCEAP/Diagn%C3%B3stico%20Per%C3%ADcia%20Criminal%20no%20Brasil.pdf

Souza FDD, Marchetti Filho GF.Polícia Civil/MS: o direito fundamental à segurança pública e a influência da precariedade de recursos no exercício da atividade policial judiciária. Rev Jurídica UNIGRAN [Internet]. 2020 Jul/Dec [cited 2023 May 02]; 22(44): 141-56. https://www.unigran.br/dourados/revista_juridica/ed_anteriores/44/downloads/revista_completa.pdf

Ribeiro CL, Maia ICVL, Souza JF, Santos VF, Santos JS, Vieira LJES. Atuação do enfermeiro na preservação de vestígios na violência sexual contra a mulher: revisão integrativa. Esc Anna Nery Rev Enferm. 2021; 25(5):e20210133. Doi: https://doi.org/10.1590/2177-9465-EAN-2021-0133 DOI: https://doi.org/10.1590/2177-9465-ean-2021-0133

Musse OJ, Santos V, Santos DS. Preservation of forensic traces by health professionals in a hospital in Northeast Brazil. Forensic Sci Int. 2020; 306:110057. Doi: https://10.1016/j.forsciint.2019.110057 DOI: https://doi.org/10.1016/j.forsciint.2019.110057

Matos EM, Santos LITO, Oliveira FF. Percepção da equipe de enfermagem de serviço de atendimento móvel de urgência acerca das competências forenses. Nursing. 2022; 25(295): 9149-60. Doi: https://doi.org/10.36489/nursing.2022v25i295p9149-9160 DOI: https://doi.org/10.36489/nursing.2022v25i295p9149-9160

Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crimes. Conscientização sobre o local do crime e as evidências materiais em especial para pessoal não forense [Internet]. Nova York: UNODC; 2010 [cited 2023 Jan 12]. Available from:https://www.unodc.org/documents/scientific/Crime_Scene_Awareness_Portuguese_Ebook.pdf. 2023

Silva RX, Ferreira CAA, Sá GGM, Souto RQ, Barros LM, Galindo-Neto NM. Preservação de vestígios forenses pela enfermagem nos serviços de emergência: revisão de escopo. Rev Latino-Am Enfermagem. 2022; 30:e3593. Doi: https://doi.org/10.1590/1518-8345.5849.3593 DOI: https://doi.org/10.1590/1518-8345.5849.3540

Published

2023-11-01

How to Cite

Costa, L. F., Cavalcanti, A. de P. V., Silva, M. S., de Azevedo, V. M. C. da S. E., Petraki, G. G. P., & de Almeida, A. C. (2023). CONHECIMENTO DA EQUIPE DE ENFERMAGEM DO SAMU SOBRE A PRESERVAÇÃO DE VESTÍGIOS DE CRIME . Revista Contemporânea, 3(11), 20124–20141. https://doi.org/10.56083/RCV3N11-014

Issue

Section

Articles