OS MÉTODOS DE ENSINO DOS ESPORTES COLETIVOS E AS EXPERIÊNCIAS DOS PROFESSORES SÃO DETERMINANTES NA FORMAÇÃO DE VALORES EM CRIANÇAS

Authors

  • Isabella Ramos
  • João Pedro Gomes
  • Morgana Casale Ferreira
  • Ademir Testa Júnior

DOI:

https://doi.org/10.56083/RCV3N10-042

Keywords:

Esportes Coletivos, Iniciação Esportiva, Métodos de Ensino

Abstract

A iniciação esportiva é um campo de trabalho que carrega diferentes questões associadas à educação e, por isso, direcionadas à sua importância em relação às aprendizagens conceituais e atitudinais indispensáveis à compreensão e à vida em sociedade. O objetivo do estudo foi descrever e relacionar as percepções dos participantes das aulas de esportes sobre a sua prática, o entendimento teórico e prático dos professores sobre o próprio trabalho pedagógico e a predominância metodológica da aula aplicada. A pesquisa foi realizada de forma direta, através da aplicação de um questionário com perguntas relacionadas ao esporte, para alunos e professores, além de um relatório de observação. Participaram da pesquisa crianças, sendo 2 meninas e 38 meninos e 5 professores. Os dados foram organizados por escola esportiva, de forma que se identificaram três aspectos: as percepções do professor sobre o próprio trabalho com o esporte, as percepções dos alunos sobre o esporte enquanto participantes das aulas de determinado professor e as características metodológicas observadas pelo grupo de pesquisadores nas aulas. Logo os três aspectos foram associados, a fim de estabelecer pontos de convergência entre o tipo de trabalho desenvolvido e as construções atitudinais sobre o esporte por parte das crianças. A partir da análise qualitativa das respostas e da observação, foi estabelecida a proporção quantitativa das ocorrências identificadas, analisando, inclusive, as diferenças dessas proporções. O estudo mostrou que a maioria dos professores foram atletas infantis e juvenis (60%); que os professores disseram conhecer a metodologia global-funcional e analítico-sintético (80%); a maior parte dos professores relataram conhecer a metodologia analítica, global e mista (40%); como aspectos essenciais para a aula de esporte, a maioria dos professores elegeu os jogos/brincadeiras pré-desportivos (60%); e segundo eles, o objetivo principal das aulas é formar cidadãos (60%). Diante da escolha em vencer ou participar da partida de campeonato, a maioria das crianças optaram por participar (57%). A pesquisa revelou a importância de se desenvolver mais estudos que relacionem as formas de ensino ao seu potencial para a geração de resultados em aprendizagem e formação para a vida. Isso porque, o fato de as individualidades de cada criança serem levadas em conta, além da intencionalidade do professor e a forma como o conhecimento será compartilhado, parece ser mais determinante na formação do aluno.

References

ARMBRUST, Márcio; DA SILVA, André Luis Alves; NAVARRO, Antonio Coppi. Comparação entre método global e método parcial na modalidade futsal com relação ao fundamento passe. RBFF-Revista Brasileira de Futsal e Futebol, v. 2, n. 5, p. 3, 2010.

BARBOSA, Cláudio L. de Alvarenga. Educação Física Escolar: da alienação à libertação. 4 ed., Petrópolis, SP: Vozes, 2004.

CASAGRANDE, Cleber Garcia et al. Ensino e aprendizagem dos esportes coletivos: análise dos métodos de ensino na cidade de Uberlândia-MG. 2012.

DA SILVA ROCHA, Diogo Rollo; LEMES, Vanilson Batista; MOREIRA, Rodrigo Baptista. Efeitos dos jogos pré-desportivos e da recreação sobre níveis de aptidão física de crianças na educação infantil. Revista Ciência e Conhecimento–ISSN, v. 2177, n. 3483, p. 58, 2017.

DAOLIO, J. Jogos esportivos coletivos: dos princípios operacionais aos gestos técnicos - modelo pendular a partir das ideias de Claude Bayer. Rev. Bras. de Ciên. e Mov., Brasília, v. 10, n. 4, p. 99-104, outubro de 2002.

FIGUEIRA, Fabrício Moreira; GRECO, Pablo Juan. Futebol: um estudo sobre a capacidade tática no processo de ensino-aprendizagem–treinamento. Revista Brasileira de Futebol (The Brazilian Journal of Soccer Science), v. 1, n. 2, p. 53-65, 2013.

FILGUEIRAS, Luiz Fernando A. Serpa. Comparação entre a metodologia de abordagem sistêmica e a metodologia tecnicista: razões para promover o processo de ensino aprendizagem dos JECs através de jogos. RBFF-Revista Brasileira de Futsal e Futebol, v. 6, n. 22, 2014.

FREDERICO, Luan Felipe et al. Percepções conceituais e atitudinais de professores e alunos no processo de ensino-aprendizagem esportivo. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte, v. 36, p. e36177089-e36177089, 2022. DOI: https://doi.org/10.11606/issn.1981-4690.2022e36177089

GALATTI, Larissa R.; PAES, Roberto R. Fundamentos da pedagogia do esporte no cenário escolar. Movimento e Percepção, v. 6, n. 9, 2006.

GONÇALVES, Andreza. Análise frente aos professores de Educação Física quanto ao seu conhecimento, utilização e diversificação dos métodos no ensino dos jogos esportivos coletivos. RBFF-Revista Brasileira de Futsal e Futebol, v. 4, n. 14, 2012.

GOULART, Antonio Roberto. Jogos pré-desportivos na Educação Física escolar: Linhas de ensino, desenvolvimento motor e psicomotricidade. Editora Labrador LTDA, 2018.

GRECO, P. J. Métodos de ensino-aprendizagem-treinamento nos jogos esportivos coletivos. In: GARCIA, E. S., LEMOS, K. L. M. Temas atuais VI - Educação Física e Esportes. Belo horizonte: Health, 2001, cap. 3, p. 48-72.

GRECO, Pablo Juan; MORALES, J. C. P.; ABURACHID, L. M. C. Metodologia do ensino dos esportes coletivos: iniciação esportiva universal, aprendizado incidental-ensino intencional. Rev Min Educ Fís, v. 20, n. 1, p. 145-174, 2012.

LAKATOS, E.M; MARCONI, M.A. Fundamentos de Metodologia Científica. São Paulo: Editora Atlas S.A, 5ª edição, 2003.

NUNOMURA, Myrian; TSUKAMOTO, Mariana H. C. Iniciação esportiva e infância: um olhar sobre a ginástica artística. Revista Brasileira de Ciências do Esporte. N. 3, v. 26, Campinas: Maio de 2005.

OLIVEIRA, R.A; ARRUDA, M; LOPES, M.B.S. Características do crescimento e do desenvolvimento físico de pré-adolescentes e a relevância do treinamento de longo prazo. Revista Brasileira de Ciências da Saúde, ano III, nº 14, out/dez 2007.

SILVA, Marcelo Vilhena; GRECO, Pablo Juan. A influência dos métodos de ensino-aprendizagem-treinamento no desenvolvimento da inteligência e criatividade tática em atletas de futsal. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte, v. 23, n. 03, p. 297-307, 2009. DOI: https://doi.org/10.1590/S1807-55092009000300010

SILVA, S. C. Investigação no uso do método analítico e global e sua contribuição para o ensino-aprendizagem do futebol e futsal. Revista Brasileira de Futebol e Futsal, Edição Especial: Pedagogia do Esporte. São Paulo, v. 10, n. 39, p. 399-410, jan./dez., 2018.

SOUZA FONSECA DE, Fabiano et al. Nível de conhecimento acerca dos métodos de ensino dos esportes coletivos e sua frequência de utilização na atuação profissional. Caderno de Educação Física e Esporte, v. 19, n. 2, p. 49-55, 2021. DOI: https://doi.org/10.36453/cefe.2021.n2.27259

TESTA JUNIOR, A.; DORNELLES, G. F.; PEREIRA, I. P.; CLARO, R. F. T.; PELLEGRINOTTI, I. L. Métodos de ensino dos esportes coletivos e a construção das percepções sobre o futebol. Revista Impetus. v. 11, n. 2, 2017a.

TESTA JUNIOR, A.; PELLEGRINOTTI, I. L.; SANTOS, J. T.; FORGARI, D. R. B.; KOCH, F.; MORI, K. J. G.; SOUZA, L. T. Relações e proposições entre os métodos de ensino analítico e global e as percepções dos seus praticantes sobre os conceitos relativos esporte. Corpo e Movimento: Educação Física. v. 8, n. 1, p. 51-59, jan./dez., 2017b.

TESTA JUNIOR, Ademir et al. Métodos de enseñanza de los deportes colectivos y la construcción de las percepciones sobre el fútbol. Impetus, v. 11, n. 2, p. 51-59, 2017.

TESTA JUNIOR, Ademir et al. O ENSINO DOS ESPORTES COLETIVOS E AS PERCEPÇÕES CONCEITUAIS E ATITUDINAIS DOS ESCOLARES. Revista CPAQV–Centro de Pesquisas Avançadas em Qualidade de Vida. Vol, v. 13, n. 1, p. 2, 2021. DOI: https://doi.org/10.36692/v13n1-16

TUBINO, M. J. G. Dimensões sociais do esporte (2ª ed.). Cortez Editora, 2001.

Published

2023-10-09

How to Cite

Ramos, I., Gomes, J. P., Ferreira, M. C., & Testa Júnior, A. (2023). OS MÉTODOS DE ENSINO DOS ESPORTES COLETIVOS E AS EXPERIÊNCIAS DOS PROFESSORES SÃO DETERMINANTES NA FORMAÇÃO DE VALORES EM CRIANÇAS. Revista Contemporânea, 3(10), 17384–17402. https://doi.org/10.56083/RCV3N10-042

Issue

Section

Articles