OBTENÇÃO DE BIODIESEL METÍLICO A PARTIR DA TRANSESTERIFICAÇÃO IN SITU DAS SEMENTES DE CUMBARU (Dipteryx alata Voguel)

Authors

  • Isabel Matos Fraga Cunha
  • Keyte Lorrany França de Brito
  • Marli de Amorim Silva

DOI:

https://doi.org/10.56083/RCV3N10-040

Keywords:

In situ, Biodiesel, Cumbaru

Abstract

Dentre tantas matérias primas alternativas para a produção de biodiesel, o cerrado mato-grossense, especificamente no município de Cáceres-MT, conta com a presença marcante em sua vegetação, da espécie Dipteryx alata Voguel, popularmente conhecida como Cumbaru, rica em teor oleaginoso. No Brasil, a metodologia mais utilizada para a produção de biodiesel é a reação de transesterificação alcalina convencional, que requer um processo prévio de extração e tratamento de óleo. Esse processo além de ser caro e demandar muito tempo, requer a utilização de solventes apolares como o hexano. O pressente estudo tem como objetivo a obtenção de biodiesel metílico a partir da transesterificação in situ das sementes de Cumbaru (Dipteryx alata Voguel) a fim de diminuir o tempo e custos de produção e eliminar a utilização de solventes no processo. Foram obtidos o biodiesel in situ e para efeito de comparação, foi obtido também o biodiesel de cumbaru de maneira tradicional. Foi possível observar nesse estudo que o biodiesel obtido a partir da transesterificação in situ das sementes de cumbaru (BCIN) apresentou-se dentro dos padrões da ANP, já o biodiesel de cumbaru obtido pela metodologia tradicional, forneceu um produto fora dos padrões e que não pode ser comercializado. O processo de transesterificação in situ mostrou-se altamente promissor para as sementes de cumbaru.

References

ANP (Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), 2010, Capacidade Autorizada. 2010. Disponível em: http://www.anp.gov.br/biocombustiveis/ Acesso em Junho de 2017.

ANP. AGÊNCIA NACIONAL DE PETRÓLEO, GÁS NATURAL E BIOCOMBUSTÍVEIS – ANP. Resolução n° 45 de 2014. Disponível em: Acesso em: 25 de mar. 2014.

ARAUJO, P. H. M. Obtenção de Bioquerosene de Aviação “Drop in” por Pirólise Rápida e Desoxigenação Catalítica a partir do Licuri (Syagrus coronata). 99 f., 2014. Dissertação (Mestrado em Química). Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, Paraíba, 2014.

GAMA, P. E.; SAN GIL, R. A. S.; LACHTER, E. R. Produção de biodiesel através de transesterificação in situ de sementes de girassol via catálise homogênea e heterogênea. Revista Química Nova, v. 33, n. 9, p.1859-1862, 2010.

GERIS, Regina et al., Biodiesel de soja – reação de transesterificação para aulas práticas de química orgânica. Revista Química Nova, v.30, n.5, p.1369-1373, 2007.

INSTITUTO ADOLFO LUTZ. Normas analíticas do Instituto Adolfo Lutz: métodos químicos e físicos para análise de alimentos, 4ª ed. IMESP. São Paulo – SP. 2008.

LEAL, Rodrigo Vivarelli Poggi. Avaliação metrológica de métodos para determinação do índice de iodo em biodiesel B100. 127 f. 2008. Dissertação, Mestrado em Química, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2008.

LIMA, Paulo César Ribeiro. BIODIESEL UM NOVO COMBUSTIVEL PARA O BRASIL. Cartilha de biodiesel no Brasil. Biblioteca Digital da Câmara dos Deputados Centro de Documentação e Informação Coordenação de Biblioteca. 2005.

LÔBO, Ivon Pinheiro; FERREIRA, Sérgio Luis Costa; CRUZ, Rosenira Serpa. Biodiesel: parâmetros de qualidade e métodos analíticos. Revista Química Nova, São Paulo, v. 32, n.6, p.1596-1608, 2009.

MATOS, E. J. A. et al. Ácidos graxos de algumas oleaginosas tropicais em ocorrência no nordeste do Brasil. Revista Química Nova, v.15, n.3, p. 181-185, 1992.

MORETTO, Eliane; e ALVES, Roseane Fett. Óleos e gorduras vegetais processamento e análises. Florianópolis. Ed. UFSC, 1986.

MORETTO, Eliane; FETT, Roseane. Tecnologia de óleos e gorduras vegetais na indústria de alimentos. São Paulo, Ed. Varella, 149 p.1998.

MOURA, B. S. Transesterificação Alcalina de Óleos Vegetais Para Produção de Biodiesel: Avaliação Técnica e Econômica. 2010. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química) Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2010.

QIAN, J. et al. In situ alkaline transesterification of cottonseed oil for production of biodiesel and nontoxic cottonseed meal. Revista Bioresource Technology, v.99, p. 9009–9012, 2008.

SERRA, Tatiana Maciel. Desenvolvimento De Catalisadores A Base Deestanho (Iv), Para Produção De Ésteres Metílicos De Ácidos Graxos, Via Transesterificação E Esterificação. 92 f. 2010. Dissertação (Mestrado em Engenharia Química), Centro de Tecnologia, Universidade Federal de Alagoas, Maceió, 2010.

Published

2023-10-06

How to Cite

Cunha, I. M. F., de Brito, K. L. F., & Silva, M. de A. (2023). OBTENÇÃO DE BIODIESEL METÍLICO A PARTIR DA TRANSESTERIFICAÇÃO IN SITU DAS SEMENTES DE CUMBARU (Dipteryx alata Voguel) . Revista Contemporânea, 3(10), 17352–17370. https://doi.org/10.56083/RCV3N10-040

Issue

Section

Articles