A ATUAÇÃO DO BADESC NO PERÍODO 2003-2014

Authors

  • Fabrício Trevisol Bordignon
  • Alcides Goularti Filho

DOI:

https://doi.org/10.56083/RCV3N8-111

Keywords:

Crédito, Desenvolvimento, BADESC

Abstract

O presente trabalho teve como objetivo analisar a atuação do Banco de Desenvolvimento Catarinense no fomento econômico regional, no período que compreende os anos de 2003 a 2014. Para atingir tal finalidade, foi feito um debate teórico demonstrando a função do crédito como alavanca do desenvolvimento. Dentro desta perspectiva, os bancos públicos desempenharam, e ainda desempenham, um papel fundamental na promoção do desenvolvimento por meio do fomento a setores estratégicos, capazes de criar cadeias industriais que efetivamente promovam o desenvolvimento econômico e social, com a geração de riquezas, e empregos essenciais para a promoção do desenvolvimento econômico e social. Os resultados obtidos com a pesquisa, por meio da análise dos financiamentos contratados no período, demonstraram algumas dificuldades enfrentadas pelo BADESC para um primeiro período de 2003-2011. Ao final, pode-se concluir pela importância fundamental da existência deste tipo de instituição financeira para o processo de desenvolvimento socioeconômico.

References

ALVES FILHO, Antonio BESC: uma ideia: 35 anos depois. [S. L.]: [s.n.], 1997, p. 157.

BARKER, Wendy. Os Bancos, a indústria e o Estado no Brasil. Revista de Economia Política (REP). Vol. 10, nº 2, Abr./Jun. – 1990. São Paulo.

BASTOS, Pedro Cezar ZahluthA economia política do novo-desenvolvimentismo e do social desenvolvimentismo BNDES. BNDES, 40 Anos: um agente de mudanças. Rio de Janeiro, BNDES, 1992a.

BNDES. BNDES 50 anos de desenvolvimento. 2002. Disponível em: http://www.bndes.gov.br/SiteBNDES/bndes/bndes_pt/Institucional/Publicacoes/Paginas/livro_bndes50anos.html. Acesso em: 03 nov. 2011.

BADESC. Relatório de Atividades. 2000, 2001, 2002b, 2003, 2004, 2005, 2006, 2007, 2008, 2009, 2010, 2011, 2012, 2013, 2014, 2015, 2016.

BRESSER-PEREIRA, Luiz Carlos. Estratégia nacional e desenvolvimento. Revista de Economia Política. 2006, vol.26, n.2, p. 203-230. DOI: https://doi.org/10.1590/S0101-31572006000200003

BRESSER-PEREIRA, Luiz Carlos. O novo desenvolvimentismo e a ortodoxia convencional. In: Eli Diniz, org. Globalização, Estado e Desenvolvimento. 1º Ed. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2007. p. 63-97.

BRESSER-PEREIRA, Luiz Carlos. O conceito histórico de desenvolvimento econômico.2006.

CORREIO DO POVO. Porto Alegre. 03 dez. 1927.

FERRAZ, ALEM, MADEIRA. A contribuição dos bancos de desenvolvimento para o financiamento de longo prazo. 2013. FONSECA, Pedro C. Dutra. BRDE: da hegemonia a crise do desenvolvimento. Porto Alegre: BRDE, 1988, p. 131.

FONSECA, Pedro. C. Desenvolvimentismo: a construção do conceito. Paper para o seminário na UFRJ. Departamento de Economia e Relações Internacionais da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2013.

GOULARTI FILHO, Alcides. Formação econômica de Santa Catarina. Florianópolis: Cidade futura, 2002, p. 500.

SHUMPETER, Joseph Alois. Teoria do desenvolvimento econômico: uma investigacao sobre lucros, capital, credito, juro e o ciclo economico. 2.ed São Paulo.

Published

2023-08-17

How to Cite

Bordignon, F. T., & Goularti Filho, A. (2023). A ATUAÇÃO DO BADESC NO PERÍODO 2003-2014. Revista Contemporânea, 3(8), 11961–11978. https://doi.org/10.56083/RCV3N8-111

Issue

Section

Articles