A IMPORTÂNCIA DE ATIVIDADE NO ESPAÇO EXTRAESCOLAR PARA O ENSINO DE CIÊNCIAS: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA COM ALUNOS DA EDUCAÇÃO BÁSICA NO PERÍODO PÓS-PANDÊMICO

Authors

  • Ana Paula Nazar de Souza
  • Artur Emilio Nunes

DOI:

https://doi.org/10.56083/RCV3N8-050

Keywords:

Escola Pública, Estratégias de Ensino, Aprendizagem no Território

Abstract

As atividades no espaço extra-escolar desempenham um papel significativo no ensino de ciências, pois proporcionam uma abordagem prática e contextualizada para os conceitos e princípios científicos ensinados em sala de aula.  Esse tipo de atividade permite que os alunos tenham experiências com conceitos científicos, assim, eles podem realizar experimentos, observar fenômenos naturais, coletar dados e analisá-los, o que ajuda a solidificar sua compreensão dos princípios científicos, fazendo com que ocorra um estímulo à curiosidade e ao interesse. Ao participarem de atividades interativas e envolventes, os alunos podem desenvolver uma paixão pela ciência e uma motivação intrínseca para aprender mais sobre o assunto. Assim, esse trabalho visa destacar a importância de atividade no espaço extra-escolar para o ensino de ciências, apresentando uma metodologia de ensino sócio-interacionista, que se mostrou interessante principalmente para superar os desafios de aprendizagem causados pela pandemia da COVID-19.

References

ABREU, Leiza Jane Lopes Lima. Aula de campo em uma escola situada em Maranguape-CE: um estudo de caso com alunos do ensino médio. 2019. 86 f. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências e Matemática) – Centro de Ciências, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2019.

Avaliação das Estratégias Pedagógicas Utilizadas no Estado do Rio de Janeiro para o Ensino de Química, Física e Biologia no Ensino Médio Durante o Primeiro ano da Pandemia de COVID-19. https://pt.unesco.org/fieldoffice/brasilia/covid-19-education-Brasil

Bravo, E., Costillo, E., Bravo, J. L., Mellado, V. & Conde, M. D. C. (2021). Analysis of prospective early childhood education teachers' proposals of nature field trips: An educational experience to bring nature close during this stage. Science Education, 106 (1), 172-198. DOI: https://doi.org/10.1002/sce.21689

CANDAU, Vera Maria (org.). A didática em questão. 33 ed. Petrópolis, RJ, Vozes, 2012.

CORRÊA FILHO, J.J. Aula de campo: como planejar, conduzir e avaliar? 1 ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2015.

De Oliveira, C. B., Gonzaga, L. T., Gomes, E. C., & Terán, A. F. (2019). Espaços educativos: Oportunidade de uma prática educativa problematizadora. REAMEC - Rede Amazônica de Educação em Ciências e Matemática, 7(1), 59-73. DOI: https://doi.org/10.26571/REAMEC.a2019.v7.n1.p59-73.i6962

HORA, BRANDÃO. Educação extra muros: a aprendizagem efetiva fora da sala de aula. https://educacaointegral.org.br/metodologias/por-que-aprender-educar-territorio/.

KRASILCHIK, M. Prática de ensino de biologia. 4. ed. rev. e ampl., 5ª reimpr. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2016.

MASETTO, Marcos Tarciso. Inovação curricular no ensino superior: organização, gestão e formação de professores. In: ______. MASETTO, Marcos Tarciso (Org,). Inovação no ensino superior. São Paulo: Loyola, 2012, Cap. 1, p. 15-36.

Medeiros, M., & Bezerra, E. D. L. (2013). Contribuições das neurociências à compreensão da aprendizagem significativa. Artigo da Revista Diálogos, (10),180-197. DOI: https://doi.org/10.13115/2236-1499.2013v1n10p180

MOURA, Eduardo; ROJO, Roxane. Letramentos, mídias, linguagens. São Paulo: Parábola, 2019, p. 224.

OLIVEIRA, C. D. M.; ASSIS, R. J. S. Travessias da aula de campo na geografia escolar: a necessidade convertida para além da fábula. In: Educação e Pesquisa, v.35, n. 1, p. 195-209, 2009. DOI: https://doi.org/10.1590/S1517-97022009000100013

Tal, T., Lavie Alon, N. & Morag, O. (2014). Exemplary practices in field trips to natural environments. Journal of Research in Science Teaching, 51 (4), 430- 461. DOI: https://doi.org/10.1002/tea.21137

VYGOTSKY, Lev. Pensamento e Linguagem. São Paulo: Martins Fontes, 1991.

Published

2023-08-08

How to Cite

de Souza, A. P. N., & Nunes, A. E. (2023). A IMPORTÂNCIA DE ATIVIDADE NO ESPAÇO EXTRAESCOLAR PARA O ENSINO DE CIÊNCIAS: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA COM ALUNOS DA EDUCAÇÃO BÁSICA NO PERÍODO PÓS-PANDÊMICO. Revista Contemporânea, 3(8), 10833–10850. https://doi.org/10.56083/RCV3N8-050

Issue

Section

Articles