PROGRAMA NACIONAL SAÚDE NA ESCOLA COMO FERRAMENTA PARA A PROMOÇÃO DO BEM-ESTAR E APRENDIZAGEM DOS ESTUDANTES

Authors

  • Thamyres Maria Silva Barbosa
  • Carolina Sharon Borges Soares
  • Edelino Alves dos Santos
  • Henrique Cananosque Neto
  • Moacir Andrade Ribeiro Filho
  • Pámella Arrais Vilela
  • Rodrigo Euripedes da Silveira
  • Victoria Celeste Sena Soares

DOI:

https://doi.org/10.56083/RCV3N8-024

Keywords:

Programa Nacional Saúde na Escola, Educação em Saúde, Prevenção de Doenças, Bem-Estar dos Estudantes

Abstract

Este artigo tem como objetivo analisar o Programa Nacional Saúde na Escola como uma ferramenta para a promoção do bem-estar e aprendizagem dos estudantes. Para isso, foi realizada uma revisão narrativa de literatura, buscando evidências sobre os impactos do programa na saúde dos estudantes, na adoção de hábitos saudáveis, no desempenho acadêmico e na redução das desigualdades em saúde. Os resultados destacam a importância do PSE na promoção da saúde física e mental dos estudantes, na melhoria dos hábitos de vida saudável e na integração entre os setores de saúde e educação. Apesar dos desafios enfrentados, o fortalecimento e a expansão do programa são essenciais para garantir um ambiente escolar saudável e propício ao pleno desenvolvimento dos estudantes brasileiros.

References

ANDRADE, Priscila Maria Da Cruz, et al. Abrangência do Programa Saúde na Escola em Vitória de Santo Antão-PE. Saúde em Debate, vol. 46, n.o spe3, novembro de 2022, pp. 62–71. DOI. https://doi.org/10.1590/0103-11042022e304. DOI: https://doi.org/10.1590/0103-11042022e304

BRASIL. Ministério da Saúde. Programa Nacional de Saúde na Escola. Brasília: Ministério da Saúde, 2020.

BARONI, Juliane Gonçallo, e Carla Cilene Baptista Da Silva. Percepção de profissionais da saúde e da educação sobre o Programa Saúde na Escola. Saúde em Debate, vol. 46, n.o spe3, novembro de 2022, pp. 103–15. DOI. https://doi.org/10.1590/0103-11042022e307. DOI: https://doi.org/10.1590/0103-11042022e307

CAVALCANTI, C. C. et al. A relação entre saúde mental e desempenho acadêmico de estudantes: uma revisão integrativa. Jornal de Pesquisa: Cuidado é Fundamental Online, v. 11, n. 3, p. 1-11, 2019.

MELLO, Lisboa B. et.al. Promoção da saúde na escola: revisão da literatura. Revista de Educação da Universidade Federal do Vale do São Francisco, [S. l.], v. 12, n. 28, 2022.

MUNIZ, Emanoel Avelar, et al. Políticas de saúde e educação para a juventude no brasil: intersetorialidade e atuação do enfermeiro. SANARE - Revista de Políticas Públicas, vol. 20, n.o 1, julho de 2021. DOI. https://doi.org/10.36925/sanare.v20i1.1552. DOI: https://doi.org/10.36925/sanare.v20i1.1552

RUMOR, Pamela Camila Fernandes, et al. Programa Saúde na Escola: potencialidades e limites da articulação intersetorial para promoção da saúde infantil. Saúde em Debate, vol. 46, n.o spe3, novembro de 2022, pp. 116–28. DOI. https://doi.org/10.1590/0103-11042022e308. DOI: https://doi.org/10.1590/0103-11042022e308i

SANTOS, Edson Manoel Dos, e Valéria Trigueiro Santos Adinolfi. Percepção dos gestores escolares ao programa saúde na escola. Olhares: Revista do Departamento de Educação da Unifesp, vol. 10, n.o 1, dezembro de 2022. DOI. https://doi.org/10.34024/olhares.2022.v10.14295. DOI: https://doi.org/10.34024/olhares.2022.v10.14295

SILVA, J. A. C. et al. Hábitos alimentares e estado nutricional de escolares: revisão integrativa da literatura. Revista Enfermagem UERJ, v. 27, n. 3, p. 1-8, 2019.

Published

2023-08-03

How to Cite

Barbosa, T. M. S., Soares , C. S. B., dos Santos, E. A., Cananosque Neto, H., Ribeiro Filho, M. A., Vilela , P. A., da Silveira, R. E., & Soares, V. C. S. (2023). PROGRAMA NACIONAL SAÚDE NA ESCOLA COMO FERRAMENTA PARA A PROMOÇÃO DO BEM-ESTAR E APRENDIZAGEM DOS ESTUDANTES. Revista Contemporânea, 3(8), 10353–10363. https://doi.org/10.56083/RCV3N8-024

Issue

Section

Articles