MULHER, GORDA E NUA: CONTESTAÇÃO DE VALORES MORAIS E RESSIGNIFICAÇÃO DE ESTEREÓTIPOS NO PERFIL DO INSTAGRAM DA INFLUENCIADORA THAÍS CARLA

Authors

  • Dayana Cristina Barboza Carneiro
  • Talita Iasmin Soares Aquino

DOI:

https://doi.org/10.56083/RCV3N7-074

Keywords:

Mulher Gorda, Corpo, Nudez, Thaís Carla, Instagram

Abstract

Neste trabalho, objetivamos refletir sobre convenções culturais e estereótipos a partir da exposição corporal da mulher gorda. Analisamos as imagens, legendas e comentários de três publicações do perfil no Instagram da influenciadora Thaís Carla, em que ela aparece em nudez total. Atentas a dois eixos de observação, “estética e moral” e “representações e estigmas”, buscamos investigar como as ações de Thaís contestam valores morais, através da nudez, e (re)ssignificam as representações sobre a mulher gorda, por meio da desconstrução de estereótipos. Percebemos as disputas de sentido, tramadas na dinâmica interativa da postagem e da reação do público, que promovem tanto movimentos de reconhecimento e identificação, quanto manifestações de repúdio.

References

ABRIL, Gonzalo. Cultura visual y espacio público-político. CIC. Cuadernos de Información y Comunicación, v. 15, p. 21-36, 2010.

ARRUDA, Agnes de Sousa. O PESO E A MÍDIA: uma autoetnografia da gordofobia sob o olhar da complexidade. 2019.Tese (Doutorado em Comunicação) - Programa de Pós-graduação em Comunicação, Universidade Paulista (UNIP), São Paulo, 2019.

BERTH, Joice. Empoderamento. -- São Paulo: Sueli Carneiro; Pólen, 2019. 184 p. (Feminismos Plurais / coordenação de Djamila Ribeiro)

CORRÊA, Laura Guimarães; SILVEIRA, Fabrício José N. da. Representação. In: FRANÇA, Vera Veiga; MARTINS, Bruno Guimarães; MENDES, André Melo (org.). Grupo de Pesquisa em Imagem e Sociabilidade (GRIS): trajetória, conceitos e pesquisa em comunicação. Belo Horizonte: Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas/ PPGCom - UFMG, 2014.

GOFFMAN, Erving. Estigma - notas sobre a manipulação da identidade deteriorada. Rio de Janeiro: LTC, 1988.

GOMES, Itania. Raymond Williams e a hipótese cultural da estrutura de sentimento. Comunicação e estudos culturais. Salvador: Edufba, p. 29-48, 2011.

HALL, Stuart. O papel da representação. In: HALL, Stuart. Cultura e representação. Rio de Janeiro: Ed. PUC-Rio: Apicuri, 2016.

JIMENEZ JIMENEZ, Maria Luisa. Lute como uma gorda: gordofobia, resistências e ativismos. 2020. Tese (Doutorado em Estudos de Cultura Contemporânea) - Programa de Pós-graduação em Estudos de Cultura Contemporânea,Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT), Cuiabá, 2020.

MELO, Francisco Vicente Sales; FARIAS, Salomão Alencar de e KOVACS, Michelle Helena. Estereótipos e estigmas de obesos em propagandas com apelos de humor. Organ. Soc. [online]. 2017, vol.24, n.81, pp.305-324. DOI: https://doi.org/10.1590/1984-9230816

PETHERBRIDGE, Danielle. O que há de crítico na vulnerabilidade? Repensando interdependência, reconhecimento e poder. Dissonância: Revista de Teoria Crítica, v. 1, n. 2, 2019.

SIBILIA, Paula. A politização da nudez: Entre a eficácia reivindicativa e a obscenidade real. Compós, 2014a.

SIBILIA, Paula. O que é obsceno na nudez?. In: Famecos, PUC-RS, 2014b.

Published

2023-07-24

How to Cite

Carneiro, D. C. B., & Aquino, T. I. S. (2023). MULHER, GORDA E NUA: CONTESTAÇÃO DE VALORES MORAIS E RESSIGNIFICAÇÃO DE ESTEREÓTIPOS NO PERFIL DO INSTAGRAM DA INFLUENCIADORA THAÍS CARLA. Revista Contemporânea, 3(07), 8766–8788. https://doi.org/10.56083/RCV3N7-074

Issue

Section

Articles